logo
11.01.2022 · Vereador Tabosa
Vereador Tabosa inicia 2022 em pleno vapor nas fiscalizações das obras públicas
foto1

O ano de 2022 iniciou há apenas 10 dias e o vereador Marcos Tabosa (PDT) já está nas ruas e bairros da cidade fiscalizando e cobrando do Executivo Municipal mais obras e serviços aos moradores de Campo Grande. 

Na manhã desta segunda-feira, dia 10, o vereador foi verificar em loco as reclamações de moradores, transeuntes e condutores da avenida Norte Sul, entre a Avenida Manoel da Costa Lima e a Rua Bom Sucesso, passando pela frente do Ginásio Guanandizão, onde existe um grande fluxo de veículos, especialmente no início e no fim do dia. Nesta localidade uma enorme cratera em pleno asfalto é o prenúncio de uma tragédia anunciada. 

A constante degradação do rio que avança sobre o asfalto em frente o ginásio por conta de obra iniciada e não concluída, em pouco tempo vai causar um grande prejuízo para quem utiliza aquela via rápida para chegar ao centro, pelo risco que corre de cair na cratera. 

Além do enorme buraco que vem aumentando a cada chuva que cai na cidade, o local tem servido para descarte de todo tipo de material, tornando a beira do rio um verdadeiro lixão a certo aberto, ocasionando também muito perigo para quem utiliza aquela importante via de acesso rápido do centro-bairro e vice-versa. 

Após verificar a precária situação da localidade, o vereador observou outro descaso do Executivo Municipal com os contribuintes, desta vez com o ginásio de esporte Guanandizão. Há alguns meses, o prefeito anunciou a conclusão das obras de recuperação do ginásio para sediar importantes eventos nacionais e internacionais, informando na época ter investido recursos da ordem de 2,5 milhões de reais. 

Após a entrega das obras, verificou-se que os mesmos problemas permaneciam iguais, ou seja, basta uma garoa para tornar suas dependências intransitáveis. Sem conseguir atrair nenhum evento para o Guanandizão, o prefeito anunciou recentemente que vai investir outros R$ 2,5 milhões de reais somente para sanar o problema da cobertura, onde ainda existem buracos que vazam a chuva. 

Tabosa cobrou do Executivo mais seriedade no gasto dos recursos dos contribuintes, lembrando que para investir em publicidade, o prefeito utilizou em 2021 dos cofres públicos recursos da ordem de 65 milhões de reais, mas a cidade continua enfrentando sérios problemas na área da saúde, educação, segurança, infra-estrutura, etc., ou seja, é uma gestão descomprometida com os interesses do cidadão.

Assessoria de Imprensa do Vereador

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.