logo
12.11.2021 · Vereador Dr. Loester
Vereador Dr. Loester votou a favor do congelamento do IPTU na Capital
img_5732_ver_dr_loester_fto_izaias_medeiros

Na última terça-feira (09), o vereador e 1º vice-presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, Dr. Loester votou a favor do congelamento do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), referente ao Projeto de Lei Complementar 776/21, apresentado pelo prefeito Marquinhos Trad. A proposta foi aprovada em regime de urgência e por unanimidade pelos vereadores.

Durante a sessão, o vereador professor André Luis (Rede) propôs uma emenda que garantisse um escalonamento na cobrança do imposto, que funcionaria da seguinte maneira: Os imóveis com valor venal acima de R$ 1 milhão receberiam o reajuste de 10,5% e os imóveis abaixo desse valor permaneceriam sem reajuste no valor da taxa. A emenda foi rejeitada pela maioria dos vereadores.

Em seu argumento, posicionando-se contra o reajuste, Dr. Loester afirmou que por lei, o reajuste anual existe, entretanto, sabendo que a Pandemia afetou trabalhadores de todas as classes sociais, neste momento a população precisa do congelamento do imposto para ser favorecida.

Com relação a emenda proposta, o vice-presidente não concorda com o reajuste para determinados contribuintes. “Quando houver o reajuste, deve ser de uma maneira justa para todos”, finalizou o parlamentar.

Com a aprovação do congelamento do imposto, os valores do IPTU em 2022 serão iguais aos valores cobrados neste ano de 2021.  Serão cerca de 450 mil carnês entregues no início de dezembro.

Tamires Santana
Assessoria de Imprensa do Vereador

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.