logo
22.01.2021 · Reunião
Secretário de Saúde detalha plano de vacinação contra a Covid-19 em Campo Grande
img_7374

Atendendo convite dos vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande, o secretário Municipal de Saúde, José Mauro Filho, detalhou, nesta sexta-feira (22), o Plano Municipal de Vacinação Contra a Covid-19 na cidade. Desde o início da campanha, no último dia 19, mais de 5,3 mil pessoas já receberam as primeiras doses da vacina.

“O público total prioritário é estimado em 233.601 pessoas no município de Campo Grande”, disse o secretário. “Ontem foram vacinados 800 idosos, residentes das instituições de longa permanência, decorrente da cedência de veículos para fazer as equipes volantes nessas unidades”, enumerou.

As vacinas para uso emergencial chegaram a Campo Grande na noite de segunda-feira (18) e os trabalhos de imunização já começaram na manhã do dia seguinte. Desde então, receberam a primeira dose 5.375 pessoas.

As aplicações seguem estratégias determinadas pelo Ministério da Saúde, que definiu os grupos de risco que receberão as primeiras vacinas. Campo Grande recebeu 26.898 doses da vacina Coronavac.

Na primeira fase, serão vacinados trabalhadores da saúde, população idosa a partir dos 75 anos de idade, pessoas com 60 anos ou mais que vivem em instituições de longa permanência (como asilos e instituições psiquiátricas) e população indígena aldeada. Na segunda fase, é a vez das pessoas de 60 a 74 anos. 

Em seguida, na terceira fase de imunização, pessoas com comorbidades que apresentam maior chance para agravamento da Covid-19 (como pacientes com doenças renais crônicas e cardiovasculares). E, por fim, professores, forças de segurança e salvamento, funcionários do sistema prisional e população privada de liberdade.

Campo Grande irá realizar a vacinação nas 55 Unidades de Saúde com disponibilização de vacinas para população, de acordo com as doses recebidas pelo Ministério da Saúde.

Além disso, está em análise a criação de um polo no Ginásio Guanandizão, onde a vacinação poderá ser por agendamento e por demanda. A implantação de um drive-thru no Parque Ayrton Senna, também com agendamento, deve acontecer na próxima semana.

Acamados e apoio da Câmara – Campo Grande tem, atualmente, cerca de 3 mil pessoas acamadas ou com dificuldade de locomoção. Para imunizar este público, a Sesau irá contar com o apoio da Câmara, que, desde o início da semana, está dando apoio logístico à pasta para operacionalizar a vacinação.

A Casa de Leis contribuiu com a cedência de carros e motoristas para levar as equipes de profissionais de saúde que se deslocam até as instituições para realizar a imunização das pessoas nos grupos prioritários. 

Sistema de identificação - Para agilizar o processo de identificação das pessoas pertencentes aos grupos prioritários para imunização, a Prefeitura lançou o sistema de identificação online que pode ser acessado através do endereço: vacina.campogrande.ms.gov.br.

Os usuários terão que preencher um questionário com dados pessoais e no caso de profissionais de saúde anexar um comprovante, que pode ser a imagem da carteirinha do conselho de classe ou holerite e um documento oficial com foto para ambos.

A identificação não é um agendamento, mas garante atendimento mais rápido nos locais de vacinação e evita a formação de aglomerações. Quem não conseguir fazer a identificação não precisa se preocupar, pois a vacinação também poderá ser realizada.

Comissão - A Câmara Municipal instituiu, nesta quarta-feira (20), a Comissão para acompanhar a compra de vacinas com eficácia comprovada contra o novo coronavírus (Covid-19) e o cumprimento do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 e/ou pelo Plano Municipal de Imunização contra a Covid-19.

O Ato da Mesa Diretora n. 159/2021 foi publicado no Diário do Legislativo e oficializou como membros do colegiado os vereadores Dr. Sandro Benites, Beto Avelar, Clodoilson Pires, Dr. Jamal e Professor André Luiz.

“A Câmara tem o papel fundamental de fiscalizar. E vamos ajudar também. A Comissão que foi criada já pode se reunir para saber quais ações a serem tomadas. Que façam cumprir o Plano. Aqui, vamos fiscalizar, e também acompanhar para que não haja injustiças e prejuízos para Campo Grande”, avisou o presidente da Câmara, vereador Carlos Augusto Borges, o Carlão.

Jeozadaque Garcia
Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.