logo
09.11.2021 · Vereador Ronilço Guerreiro
Ronilço Guerreiro vota para que IPTU não tenha reajuste em 2022
mg_7773

Ronilço Guerreiro, terceiro secretário da mesa diretora da Câmara Municipal de Campo Grande, votou pelo congelamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) em 2022. O projeto apresentado pelo executivo municipal tramitou em regime de urgência na Casa e foi aprovado por unanimidade.

“É hora de olhar para as pessoas e já estamos tendo de forma recorrente aumento no valor do combustível, energia, gás de cozinha, fora os produtos alimentícios que não param de subir. Por isso, votar pelo congelamento do IPTU foi votar pelo povo, disse sim ao congelamento do imposto olhando para as dificuldades que todos estão passando neste momento de crise”, comentou Guerreiro.

Com a aprovação por unanimidade os valores do IPTU em 2022 serão iguais aos valores cobrados neste ano de 2021. “Houve a discussão para taxar quem tem imóveis de valor muito alto, mas também fui contra. A decisão precisa ser tomada olhando para todos de forma igual e não seria justo dar aumento para alguns e para outros não”, destacou.

Ronilço destacou também que essa medida ajuda quem está no desemprego ou trabalhando na informalidade. “Quem está empregado não tem um aumento de salário há bastante tempo, quem está desempregado segue com dificuldade de encontrar uma colocação e o trabalho informal não garante o salário no fim do mês. Tenho certeza que a melhor medida foi o congelamento desse imposto, pelo menos uma boa notícia para as pessoas”, ressaltou o vereador.

Mais informações sobre o mandato do vereador Ronilço Guerreiro podem ser obtidas pelo site www.souguerreiro.com, pelo telefone 3316-1549 ou pelo WhatsApp do gabinete de rua 99909-0019.

Jakson Pereira

Assessoria de Imprensa do Vereador

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.