logo
01.04.2020 · Vereador William Maksoud
Preocupado com impacto do Coronavírus, Maksoud destina emendas para manter entidades em funcionamento
maksoud334455

Na sessão ordinária de terça-feira (31) os vereadores aprovaram o plano de aplicação dos recursos do Fundo Municipal de Investimentos Sociais (FIS), que prevê destinação de R$ 5,2 milhões para beneficiar entidades assistenciais de Campo Grande. Cada vereador pode repassar R$ 90 mil para instituições ligadas à área da saúde e outros R$ 90 mil para assistência social. 

Preocupado com os impactos causados pela pandemia do Coronavírus (Covid-19), o vereador William Maksoud apresentou suas emendas que vão atender dezenas de instituições sérias e que vem sofrendo com a falta de doações e de recursos, e precisam manter os trabalhos e atendimentos funcionando.

“As instituições vem sofrendo muito com a diminuição das doações devido a essa pandemia. Há asilos e lares pedindo ajuda com aditivos para continuarem os tratamentos. Há entidades sérias que antes promoviam shows, almoços e eventos beneficentes e que não podem mais fazê-lo e estão com pouco recurso. Então pensando nisso, destinamos as emendas para ajudar essas associações a manterem os trabalhos”, explicou Maksoud.

Segundo o parlamentar, os recursos foram destinados para instituições que atendem idosos, crianças e adolescentes em vulnerabilidade social, diabéticos, pacientes com câncer, deficientes físicos, com síndrome de down, autistas, realizam tratamento odontológico, reintegração social e tratamento adictos. 

O plano precisa ser sancionado pelo prefeito Marquinhos Trad e a liberação dos recursos acontece no decorrer da execução orçamentária, nas funções de saúde e assistência social. O cronograma para liberação dos recursos é definido pelo Executivo Municipal, mediante a apresentação, pelas entidades, de toda a documentação exigida. 

Nilce Lemos
Assessoria de Imprensa do Vereador

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.