logo
12.02.2014 · Câmara Comunitária
Moradores e lideranças marcam presença na 1ª Sessão Comunitária de 2014
85369d82c23307a4bf2ed85c8308c7fb

Asfalto, limpeza e sinalização de ruas, vagas em Ceinfs e Postos de Saúde e instalação de quebra-molas foram algumas das reivindicações apresentadas durante a primeira Sessão Comunitária de 2014, realizada na manhã desta quarta-feira (12) no Bairro Santa Branca.

 

A quadra de esportes da Escola Municipal “Abel Freire de Aragão” recebeu a presença de moradores e lideranças comunitárias que fizeram uso da Palavra para apresentar suas solicitações.

 

A diretora da Escola Municipal “Abel Freire de Aragão”, Eliane Pedraza Téjas Pereira, destacou a importância dos vereadores no ambiente escolar. “Sinto-me honrada da nossa escola ter sido escolhida para essa sessão, porque traz a comunidade para a escola para falar com os vereadores. Esse é um marco na história, precisamos da comunidade envolvida dentro e fora da escola”, afirmou.

 

A moradora Mariza de Souza Costa, do Bairro Jardim das Mansões, afirmou aos parlamentares que “a Rua Luiz Pereira, esquina com a Rua Pedro Lopes de Souza está com um buraco enorme. Precisamos também de uma faixa de pedestre em frente à escola, porque ficamos mais de 10 minutos para conseguir atravessar. Aqui não temos Posto de Saúde e precisamos ir no Posto do Bairro Pioneira, mas temos dia certo para sermos atendidos. Temos que chegar 4 horas da manhã para conseguir uma consulta, principalmente com pediatra”, denunciou.

 

O presidente do Bairro Santa Branca, Elson Ferreira Silva também pediu ajuda dos parlamentares para resolver o problema do atendimento no Posto de Saúde do Bairro Pioneira. “Quero pedir aos vereadores que intermediem a abertura dos portões do Posto de Saúde ainda de madrugada, porque os moradores chegam às 4 horas da manhã e ficam ao relento, muitas vezes debaixo de chuva, para conseguir uma consulta. Assim eles poderão sentar na varanda e esperar até a hora de marcar a consulta. Precisamos também de sinalização e quebra-molas na rua da escola. A Praça que lutamos durante 20 anos para conseguir só tem um campo verde. Não fizeram a quadra de areia nem a quadra de society. A praça só tem bancos, porque os moradores e empresários fizeram uma vaquinha para comprar”, revelou.

 

Para Maiara Regina da Silva o grande problema é conseguir uma vaga em Ceinf. “Eu trabalho e não consigo uma vaga para deixar meus filhos. Já fui na Central de Vagas e no Conselho Tutelar, mas não consegui nada. Gostaria que algo fosse feito para aumentar o número de vagas nos Ceinfs”, clamou.

 

O morador Adauto Caetano da Silva reclamou da situação dos terminais de ônibus. “Os terminais estão uma porcaria (sic), com lixo jogado e água vazando. Quem tem que cuidar dos terminais é a concessionária e não a população. Pagamos caro na passagem e queremos um terminal limpo”, afirmou.

 

Segundo a moradora Lenira Severina Corrêa, do Bairro Jardim das Mansões, no final da Rua Barão de Limeira há esgoto e dejetos acumulados, próximo a uma fábrica. “Precisamos de limpeza das ruas e colocação da rede de esgoto”, disse.

 

Conforme o José Pereira Diniz, morador do Bairro Jardim Botafogo, “o asfalto não chega aos bairros Lisboa, Jardim Botânico e Anápolis. A última rua do Bairro Portugal está com esgoto acumulado e precisamos de uma solução para o problema”.

 

Por fim, o morador Simeão Balbuena Rojas, também do Bairro Jardim das Mansões, solicitou o asfaltamento da Rua Barão de Campinas e complementação até a UPA do Jardim Botafogo. “Precisamos também de rede de água e esgoto para a Rua Barão de Itu e asfalto para a Avenida Joana D’arc. Peço ainda para trocar os postes de madeira por postes de concreto na Rua Bernardo Guimarães”, pediu.

 

A Sessão Comunitária contou com a presença dos vereadores Mario Cesar, Delei Pinheiro, Professora Rose, Carlão, Zeca do PT, Ayrton Araújo do PT, Eduardo Romero, Vanderlei Cabeludo, Engenheiro Edson, Coringa, Gilmar da Cruz, Otávio Trad, Grazielle Machado, Luiza Ribeiro, Airton Saraiva, Carla Stephanini e Paulo Pedra.

 

Paulline Carrilho
Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.