logo
21.08.2013 · Câmara Comunitária
Moradores e estudantes lotam Sessão Comunitária no bairro Coophavilla II
fb81ab287eba9b39d894400737d3ccfb

Moradores da região do Lagoa lotaram a 10ª edição da Sessão Comunitária, realizada na manhã desta quarta-feira (21), na sede da Associação de Moradores do Bairro Coophavilla II, para apresentarem suas reivindicações aos vereadores de Campo Grande.

 

A sessão foi aberta com a apresentação musical dos alunos da oficina de violão, criada em 2009 pela Associação de Moradores, com crianças e jovens a partir de 9 anos, que formam a Orquestra de Violões do Bairro Coophavilla II, conduzida pelo 2º regente Luiz Cesar Gonzaga.

 

A sessão foi acompanhada também por alunos do Centro Educacional Paulo de Tarso e por acadêmicos do curso de Jornalismo, da UCDB (Universidade Católica Dom Bosco), que prestigiaram o evento. O vice-prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte e a presidente da Associação de Moradores do Bairro Coophavilla II, Maria Bernadete de Carvalho, também marcaram presença no evento.

 

Na região urbana do Lagoa a principal melhoria reivindicada pelos moradores foi o asfaltamento de diversos bairros, que sofrem há mais de 20 anos com a poeira e a lama das ruas cascalhadas. Outro ponto fundamental solicitado por todos os moradores da região é a solução do mau cheiro causado pelo lixão, que fica nas proximidades e atrapalha a vida e a saúde de toda a comunidade.

 

O professor Wilson Silva, que acompanhou os alunos do Centro Educacional Paulo de Tarso aproveitou a oportunidade para solicitar que os vereadores intercedam junto à Secretaria de Obras do Município para que seja feita a manutenção de ruas e travessas, assim como drenagem de águas pluviais e pavimentação do Jardim Ouro Verde. “Há mais de 20 anos esperamos também o asfalto na Vila Kellen, pois os moradores sofrem com a poeira, a lama, devido à situação precária de nossas ruas. Os alunos vieram aqui hoje justamente porque querem exercer seu papel de cidadão, porque eles sabem o que é transitar de bicicleta por ruas esburacadas, cheias de pedregulhos. Queremos expressar que nosso bairro é um dos mais antigos dessa região, toda adjacência já recebeu esse benefício do asfalto, como Jardim Pênfico, Jardim Batistão, Aero Rancho, entre outros. Queremos ser a voz desses moradores. Outro sonho antigo é a construção da Praça da Juventude na Rua Brilhante, que fica no Bairro Serra Azul, além da limpeza da entrada do Bairro Serra Azul”, afirmou o docente.

 

O presidente do Bairro Jardim Ouro Preto, André Paulino solicitou aos vereadores a construção do Centro Comunitário do Jardim Ouro Verde, além da construção de uma creche na região, que carece desses dois equipamentos públicos.

 

Já Robson Martins, do Conselho Regional do Anhanduizinho, solicitou asfalto na Vila Kellen, no Jardim Ouro Verde e Portal dos Laranjais, além da duplicação da Avenida Soto Maior.

 

Segundo a moradora do jardim Tarumã, Adelina Duarte Galeano, “há anos precisamos de asfalto no Tarumã, sofremos muito com a poeira e a chuva, que leva as pedras, deixando apenas os buracos. Precisamos urgente de asfalto, principalmente naquela parte de baixo do bairro que ficou esquecida”, lamentou.

 

Já o presidente do Conselho Gestor de Saúde do Jardim Batistão, João Pereira destacou a importância da realização do evento na Coophavilla II e mandou um recado para os moradores. “É muito importante a presença dos vereadores aqui na nossa região, que vem sendo esquecida ao longo dos anos. Tem bairro que há 20 anos está sem asfalto, por isso que eu digo que vocês tem que lembrar em quem votaram, para cobrar. Uma região sem representividade não tem progresso”, afirmou João, que solicitou o recapeamento da Avenida Soto Maior, além da colocação de um semáforo na confluência da Rua Soto Maior, com a Rua Conde de Boa Vista, e também na Rua Alvilândia com a Rua Cachoeira do Campo, e na Rua Xavantes com Rua Pará, que são cruzamentos muito perigosos. “Peço ainda o término da obra da sala de aula da Escola Imaculada Conceição, no Jardim Batistão, porque a obra corre o risco de desmoronar”, destacou o conselheiro.

 

Todas as reivindicações apresentadas serão transformadas em indicações, projetos, requerimentos e ofícios a serem encaminhados, em nome dos 29 vereadores, ao Poder Executivo para que sejam devidamente atendidas.

 

A Sessão Comunitária contou com a presença dos vereadores Mario Cesar, Delei Pinheiro, Edil Albuquerque, Carla Stephanini, Chiquinho Telles, Airton Saraiva, Luiza Ribeiro, Mario Cesar, Otávio Trad, Chocolate, Juliana Zorzo, Professora Rose, Grazielle Machado, Coringa, Alex do PT, Eduardo Romero, Gilmar da Cruz, Vanderlei Cabeludo, Prof. João Rocha e Paulo Pedra.

 

Paulline Carrilho
Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.