logo
30.09.2021 · Vereador Ronilço Guerreiro
Lei apresentada pelo vereador Ronilço Guerreiro é aprovada e traz alívio para portadores de Fibromialgia
img_1828_ver_ronilo_guerreiro_fto_izaias_medeiros

As pessoas que sofrem com dores crônicas por serem portadoras da Fibromialgia tiveram uma boa notícia nesta semana. Foi aprovado o projeto de lei do vereador Ronilço Guerreiro que proporciona aos portadores da doença o atendimento preferencial nos serviços públicos e privados, minimizando assim os males causados pela síndrome.

Aprovada em duas votações no plenário da Câmara Municipal, a lei nº. 10.066/21, substitutiva ao projeto de lei nº. 10.037/21 que altera e acrescenta dispositivo à lei municipal nº. 6.491 de 10 de agosto de 2020, segue agora para sanção do prefeito Marquinhos Trad.

“Fiquei muito feliz pela forma como o plenário recebeu a proposta, pois os vereadores tiveram a sensibilidade de olhar para a dificuldade das pessoas que sofrem com a Fibromialgia. Quem tem essa síndrome sente dores às vezes insuportáveis e, o que pretendo com esse projeto, é fazer com que essas pessoas tenham atendimento preferencial em mercado, banco, farmácia, assim como tem idosos e gestantes. Nós precisamos sempre olhar com empatia para a dor do outro”, comentou Guerreiro.

Cristiane Rosa Bueno é psicóloga e sofre com a doença há três anos. Ela comemora a lei e diz ser um passo importante para os portadores. “Com essa lei temos nossos direitos garantidos. Digo que a Fibromialgia não é frescura, é uma doença que nos causa limitações, dores e muito sofrimento. Quando estamos no momento de crise muitas vezes não conseguimos levantar e mesmo assim precisamos enfrentar filas enormes no mercado ou para pagar alguma conta”, comentou.

“Sou grata ao vereador e sei que é a primeira batalha a ser vencida, tem outras que podem nos ajudar ainda mais. Esse projeto veio trazer alívio e abençoar as pessoas portadores de Fibromialgia”, complementou Cristiane.

 

Jakson Pereira

Assessoria de Imprensa do Vereador

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.