logo
06.04.2016 · Eventos
Câmara ‘pauta’ Prefeitura, que faz melhorias nos bairros antes da chegada dos vereadores
8ab32f1fdd7f35c50a8cf3c6045d740d
A Câmara Municipal de Campo Grande tem ‘pautado’ a Prefeitura durante o Projeto Câmara Comunitária, que leva os vereadores aos bairros para fiscalizar equipamentos públicos, como escolas, Ceinf’s, postos de saúde e obras inacabadas. 
 
Na manhã desta quarta-feira (6), por exemplo, não foi diferente: antes da chegada dos vereadores à Escola Municipal “Professora Leire Pimentel de Carvalho Corrêa”, no Jardim Colibri II, o Executivo enviou equipes para podar o mato na frente da unidade e reforçar a sinalização de trânsito nos arredores.
 
“Parece que existe um ‘Efeito Câmara’. A Casa de Leis está pautando a Prefeitura. Agora, além de legislar, vamos fazer também o papel de gestor para que, vindo até os bairros, os serviços cheguem até a comunidade”, disse o vereador Professor João Rocha, presidente da Casa de Leis, que participou da terceira edição do projeto. 
 
“Hoje, ficamos surpresos. Percebemos que as redes foram colocadas nas traves, as ruas pintadas, a praça em frente a escola foi limpa. Percebemos que a Câmara tem feito seu trabalho ao se deslocar para os bairros. Por onde a Câmara passa, há um efeito positivo. Mas queremos que esses serviços continuem se repetindo, não só com a nossa presença”, continuou.
 
Na região, os serviços feitos pela Prefeitura, porém, não são unanimidade. Segundo a orientadora da Escola, Celeide Alves Gonçalves, existe uma necessidade de melhorias na sinalização de trânsito na avenida Guaicurus, localizada há uma quadra da escola e local de passagem de centenas de alunos que estudam na unidade. 
 
Além disso, ela cobra mais segurança para as crianças, tendo em vista que o número de furtos e roubos na região ainda é alto. O colégio atende cerca de 900 alunos vindos, principalmente, das regiões do Alves Pereira, Pioneiros e do próprio Colibri. 
 
Blitze - A equipe de vereadores se dividiu e uma parte percorreu outros pontos da região, em especial nas unidades de ensino do bairro Itamaracá, ainda na região sul da cidade. No Ceinf Clebe Brasil Ferreira, a visita foi surpresa e os parlamentares encontraram mato alto dentro da unidade e, no entorno, ruas em más condições. 
 
“Os funcionários são caprichados, esforçados, mas vimos a falta de verduras, legumes e frutas para as crianças”, observou o vereador Vanderlei Cabeludo. “O arroz com feijão o prefeito tem que fazer, não só onde os vereadores vão. Aqui, a água corre pela rua. Tem que executar os serviços básicos necessários”, continuou o vereador Chocolate.
 
Para o presidente da Câmara, como a visita foi surpresa, “não deu tempo de fazer a maquiagem”. “Essa é a diferença entre um local previamente avisado e um local em que a visita é surpresa. É importante fazermos essas blitze para conhecermos a realidade do local”, disse.
 
Já a Escola Municipal Iracema Maria Vicente, que atende os alunos em tempo integral, foi elogiada pelos parlamentares por conta do conteúdo oferecido às crianças da região. No entanto, os vereadores fizeram observações em relação a manutenção do espaço.
 
“As atividades são feitas regularmente, a parte pedagógica acontece dentro da normalidade. Mas alguma coisa precisa ser feita na manutenção”, apontou. No local, os vereadores também encontraram mato alto, além de alguns equipamentos do parque quebrados.
 
Jeozadaque Garcia
Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal
Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.