logo
12.07.2018 · Vereador Delegado Wellington
Em palestra, Delegado Wellington aborda os malefícios das drogas
capa125478965

Trezentos alunos da Escola Estadual Lino Vilacha, no bairro Nova Lima, foram sensibilizados e alertados na tarde de ontem (11), dos males causados pelo uso de substâncias psicoativas em palestra ministrada pelo vereador Delegado Wellington. O objetivo foi prevenir e afastar crianças e adolescentes da criminalidade, prestar informações sobre os malefícios dessas substâncias, instruções para comportamentos corretos e o fortalecimento de vínculos familiares para fugir dessa problemática.

“O objetivo foi abordar a prevenção primária, para que esses jovens conheçam os malefícios e as consequências causadas pelo uso de entorpecentes considerados como o ‘mal do século’. Utilizo ilustrações para que eles conheçam a destruição que as drogas causam, é a consequência dos três Cs: clínica, cadeia e cemitério, infelizmente não tem outro caminho. Por isso, alerto que somente a pessoa pode tomar a decisão de não usar a droga, ela deve estar ciente de que não pode dar o primeiro passo para a entrada do vício”, alertou o vereador.

Para o diretor-adjunto da escola, Rudnei Siqueira Bernardes, esse assunto é de total relevância, já que a escola sofre com esse problema que causa grandes transtornos no meio escolar.  “É de extrema importância abordar esse problema que vem se alastrando no meio escolar. Aqui temos alguns alunos que usam bebidas alcoólicas e maconha, é importante coibir e alertar sobre o mal que as drogas causam”, destacou o diretor.

Presente na palestra o representante da Associação de Pais e Mestres (APM), Vagner Escobar Colman, disse que é imprescindível alertar os jovens. “É de extrema importância trazer pessoas capacitadas e que são exemplos de bons profissionais, como é o Delegado Wellington, isso só que vem a somar para nossa base”, agradeceu Vagner.

O parlamentar que é também presidente da Comissão de Segurança da Câmara Municipal, mostrou os tipos de entorpecentes disponíveis e os efeitos causados no ser humano.  No Brasil, as mortes violentas por arma de fogo, segundo a polícia, geralmente envolvem disputas por pontos de venda de drogas ou acertos de contas entre traficantes e consumidores com dívidas. Sem contar o consumo exagerado que pode levar à morte por overdose.

Solange Mori

Assessoria de Imprensa do Vereador

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.