ícone whatsapp

Senadora Damares Alves reúne autoridades e Comissões em palestra na Câmara de Campo Grande

12.05.2023 · 1:12 · Vereador Coronel Villasanti

Clique na imagem para ver a galeria completa

Em mais uma atividade importante no Maio Laranja, no combate a violência sexual contra crianças e adolescentes, a Senadora pelo Distrito Federal Damares Alves, está na Capital para uma série de compromissos, entre eles nesta sexta-feira de manhã, foi palestrante em um evento promovido pela Câmara Municipal de Campo Grande, à convite do vereador Papy, com apoio da Frente Parlamentar Cristã em Defesa da Família e da Comissão Permanente de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente, ambas presididas pelo vereador Coronel Villasanti.

O evento contou também com o apoio do Conselho de Pastores de Mato Grosso do Sul – CONSEPAMS e autoridades de vários segmentos da sociedade.

A Senadora e ex-ministra, Damares Alves, atua há várias décadas contra a exploração sexual infantil e fala com propriedade sobre o assunto como vítima, pois em suas falas relembra a violência sofrida na infância, entre os 6 e 8 anos de idade, fato que marcou para sempre sua vida.

Damares apresentou números alarmantes da situação no país e em Mato Grosso do Sul. Entre 2009 e 2021 foram registradas pelo Sistema Único de Saúde (SUS), mais de 225 mil notificações de violência sexual no Brasil. Mais de 85% destes casos foram contra meninas e adolescentes (sexo feminino), com 236 mil notificações de violência contra elas, em comparação a 40,6 mil notificações de violência contra meninos e adolescentes (sexo masculino).

Pelas estatísticas apresentadas, Mato Grosso do Sul se destaca pela alta taxa de estupro de vulnerável, com 73 casos por cada 100 mil habitantes, seguido pelos estados de Roraima (64,8) e Acre com (50,6).

O Coronel Villasanti destacou a importância da fala da parlamentar.” A sugestão da senadora sobre a criação de um Comitê de Políticas Públicas Intersetorial, que envolva a rede de proteção, respeitando as atribuições de cada órgão para propor ações efetivas de combate à violência contra crianças e adolescentes é fundamental, para que possamos obter avanços imediatos.

Melhorar a comunicação e o envolvimento entre a rede, significa evitar que mais crianças e adolescentes sejam abusados. Enquanto Comissão Permanente de Defesa dos Direitos da Criança e ao Adolescente, vamos propor imediatamente este Comitê, para atuar em conjunto com a Frente de Prevenção a violência contra criança e adolescente, que reúne vários órgãos e instituições”, destacou Villasanti.

Assessoria de Imprensa do Vereador