ícone whatsapp

Presidente Carlão recebe Comissão das Clínicas Particulares da Capital que prestam atendimento aos pacientes Renais Crônicos

20.04.2023 · 2:23 · Vereador Carlão

Na manhã desta quinta-feira (20), o vereador Carlos Augusto Borges (Carlão PSB), presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, recebeu representantes das Clínicas Particulares de Campo Grande que prestam serviços credenciados ao Sistema Único de Saúde (SUS) para atendimento aos pacientes Renais Crônicos que dependem de diálise para sobreviver. A Comissão entregou ao presidente Carlão um documento solicitando auxílio por parte de todos vereadores para uma complementação orçamentária da prefeitura (Cofinanciamento) para garantir a manutenção do equilíbrio econômico pactuado e a continuidade do atendimento aos pacientes.

“Os renais crônicos dependem da permanência do oferecimento dos tratamentos do SUS para diálise e demais atendimentos fundamentais para garantir a sobrevivência destes pacientes. Vamos encaminhar essa solicitação à prefeitura e votar quando retornar para a Casa. O documento foi assinado por Yussife Ali Mere Junir, médico nefrologista presidente da ABCDT (Associação Brasileira dos Centros de Diálise e Transplante), Clínica de Doenças Reais SS – Pró-Renal, Hiperrim Inst. Doenças Renais e HÁ, Davita Tratamento Renal, a Dra. Maria Aparecida Albuquerque Arroyo, médica Nefrologista e o superintendente de Relações Institucionais da Sesau, Yama Albuquerque Higa acompanharam a reunião”, explicou Carlão.

A Dra. Maria Aparecida Albuquerque Arroyo, Nefrologista, que participou da reunião explicou que conforme a solicitação da Comissão existem cerca de 150 mil pacientes Renais Crônicos no Brasil, 840 Clínicas espalhadas por todo país, realizam o atendimento aos pacientes SUS. Sem recursos, muitas clínicas deixaram de fazer investimentos e podem vir a fechar se for confirmado o piso salarial da enfermagem. Por isso, solicitam uma complementação de orçamento por parte da prefeitura municipal de Campo Grande, já que a defasagem está em cerca de 42,20%na média Brasil.

Assessoria de imprensa do Vereador