logo
04.11.2021 · Vereador Dr. Victor Rocha
Victor Rocha apresenta emendas ao PPA e a LOA para atender aos anseios da população campo-grandense.
52a2855_1_1

Visando sempre a melhora da qualidade de vida da população campo-grandense, o vereador Dr. Victor Rocha propôs emendas ao projeto de lei 10.319/21, que prevê a LOA (Lei Orçamentária Anual) e mais de 25 emendas ao PL 10.320/2021, que define o Plano Plurianual de Campo Grande no período 2022/25.

As propostas de alteração da LOA incluem o pagamento de adicional de insalubridade aos agentes de saúde e adicional de periculosidade para os guardas municipais do município, bem como a oferta de atendimento de fisioterapia e terapia ocupacional pela rede municipal de saúde. "São sugestões que afetam diretamente a população e que representam melhorias importantes para várias categorias", afirma o vereador.

Entre as emendas propostas pelo vereador Dr. Victor Rocha, ao Plano Plurianual incluem a reforma dos Centro de Saúde dos bairros Nova Bahia, Coophavila II e Aero Rancho e reformar da unidade de saúde da família do bairro São Conrado.

Ainda na saúde, o vereador pede o amplo acesso à população assistida pela rede municipal de saúde a serviço fisioterápico e de terapia ocupacional de baixa, média e alta complexidade, bem como ampliar, fortalecer e qualificar a assistência fisioterapêutica e terapêutica ocupacional.

E, na saúde da mulher, o acesso a sistemas de mutirões da saúde, que façam o diagnóstico precoce das doenças, disponibilizando consultas, exames e cirurgias em todas as unidades de saúde de forma planejada e rotativa.

Além disso, há pedido para obras de drenagem de águas pluviais e implantação asfáltica na Rua Filomena Segundo Nascimento, no trecho entre a Avenida Guaicurus e a Avenida Rita Vieira, bairro Campina Verde.

Implantação de asfalto no corredor do ônibus no bairro residencial Aquarius. Implantação de asfalto em todo o bairro Leon Denizart Conte e a realização de obras de drenagem de águas pluviais e implantação asfáltica nas últimas quatro ruas da Vila Morumbi. Implantação de asfalto nas ruas 50 e 60 na Vila Nova Campo Grande e na rua Poente a partir do cruzamento com a avenida Afluente.

Além de implantação de asfalto na rua Elis Regina, na rua Elizethe Cardoso, no bairro Jardim Carioca e na rua Dr. João Luderitz a partir do cruzamento com a rua Souto Maior, bairro Tijuca. Asfalto também na rua Alameda Santos, no bairro Jardim Itatiaia, na rua Zacarias Mourão, no bairro Jardim Carioca, na rua Alagoinhas, no bairro Jardim Aero Rancho e no bairro Jardim Canguru.

Também há pedido para intervenções de reordenamento viário com implantação de sinalização no trevo da avenida Ministro João Arinos com a rua Jornalista Marcos Fernandes Rodrigues e com implantação de sinalização no trecho da avenida Ministro João Arinos, no trevo da MS-163 com a MS-262.

Além de asfalto e drenagem nos bairros Jardim América, Conjunto Santa Celina e Santa Amélia Baís e no Residencial Jardim Mato Grosso, bairro São Jorge da Lagoa. Por fim, intervenções de reordenamento viário com implantação de sinalização no cruzamento da Rua Raul Pires Barbosa com a Rua Jeribá, no bairro Chácara Cachoeira.

“Todas as nossas emendas apresentadas são fruto das solicitações que nos chegam através da população, que depende do poder público para ter acesso a melhoria na sua qualidade de vida, seja por meio de acesso à atendimento médico, ou ter o asfalto na rua de sua casa, que também é uma forma de preservar a saúde de sua família. Esse é o meu compromisso, trabalhar pela melhoria da qualidade de vida da nossa gente!”, pontuou.

O projeto de lei 10.319/21, a LOA (Lei Orçamentária Anual), que estima receitas e fixa despesas do município de Campo Grande para o exercício financeiro de 2022, tramita na Câmara Municipal desde o último dia 30 de setembro e prevê orçamento de R$ 4,789 bilhões para o próximo ano, aumento de 2,9% em relação à previsão feita na LOA anterior para este ano, que era de R$ 4,651 bilhões.

Para o exercício de 2022, foi estimado o valor de R$ 4.798.937.650,00 (quatro bilhões, setecentos e noventa e oito milhões, novecentos e trinta e sete mil e seiscentos e cinquenta reais), ajustando o proposto nas metas fiscais constantes da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias).

Assessoria de Imprensa do Vereador

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.