logo
13.05.2019 · Vereador Veterinário Francisco
Veterinário Francisco destina R$ 180 mil para entidades nas áreas de Saúde e Assistência Social
img_4938_ver_veterinrio_francisco_fto_izaias_medeiros

O vereador veterinário Francisco (PSB) destinou para 14 instituições R$ 180 mil provenientes do Plano de Aplicações de Recursos do Fundo de Investimentos Sociais (FMIS). Desse montante, 12 instituições receberão um total de R$ 90 mil na área de Assistência Social. Já na área de Saúde o CCZ (Coordenadoria de Controle de Zoonoses e Bem Estar Animal) receberá o montante de R$ 85 mil e o Samu (Coordenadoria do Serviço de Atendimento de Urgência Móvel) receberá cinco mil. “Essas instituições que vão receber essas emendas trabalham em prol da população fazem um serviço exemplar pautados no amor ao próximo. Eu como vereador tenho a obrigação de ajudar e incentivar trabalhos como esse. Estou muito feliz em poder realizar esse repasse através do FMIS para essas instituições”, explica Veterinário Francisco. 

As entidades da Assistência social contempladas pelo vereador Veterinário Francisco para receber as emendas parlamentares deste ano são: IDE (Instituto de Desenvolvimento Evangélico); Casa de Passagem Resgate; Associação dos Amigos do bairro Dom Antônio Barbosa - Asas Do Futuro; Associação de Educação Especial Marcelo Takahashi; Associação Assistencial Horizonte e a Sociedade Eunice Weaver de Campo Grande; Shirpa - Lar Do Idoso; Associação Asilo São João Bosco; APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Campo Grande), Cotolengo Sul-Matogrossense; Associação Criança do Brasil - Segunda Casa; Associação Ato (Amparar, Transformar, e Orientar).

Para a área de Saúde, o veterinário Francisco destinou R$ 85 mil para o CCZ desenvolver tecnologias para políticas públicas para Causa Animal e cinco mil reais para parte de estrutura do Samu.

A Câmara de Vereadores de Campo Grande aprovou o valor de R$ R$ 5.220 milhões para ser aplicados como emenda parlamentar para serem destinados a entidades das áreas de saúde e assistência social. Esse montante foi dividido entre os 29 vereadores e cada parlamentar poderá destinar R$ 180 mil para as entidades que trabalham nas áreas de saúde e assistência social. Os recursos foram previstos na lei orçamentária do município e, depois, o valor do fundo foi especificado em lei municipal.

Os recursos são destinados para compras de material de consumo ou permanentes, não podendo ser destinados à compra de alimentos ou aplicados no pagamento do quadro de pessoal da instituição.

 

Eduardo Penedo

Assessoria de Imprensa do Vereador 

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.