logo
16.03.2017 · Vereadora Dharleng Campos
Vereadora Dharleng Campos convida juíza para apresentar projeto inovador que combate a violência contra a mulher
principal_juiza

A juíza Jacqueline Machado foi convidada pela vereadora Dharleng Campos para discorrer na Câmara Municipal sobre seu trabalho em defesa das mulheres. Ela é responsável pela coordenação de um projeto inovador que se chama Mulher Brasileira - Mãos EmPENHAdas Contra a Violência. A magistrada é juíza da 3ª Vara de Violência Doméstica e Familiar de Campo Grande.

O projeto busca parceiros para serem multiplicadores do amplo debate, pois “se a população tiver informação e souber identificar se a mulher está sendo vítima de violência doméstica ou familiar, com certeza ficará mais fácil pedir ajuda”, afirma a juíza Jacqueline Machado, ressaltando que “todos devem estar empenhados na realização de uma campanha que dure no mínimo o ano todo e não apenas no mês de março. Essa campanha terá uma série de ações e a Câmara pode contribuir muito. Precisamos estar unidos para que esta campanha tenha sucesso e efetividade. Precisamos mobilizar as pessoas para que saibam identificar uma mulher que esteja sendo vítima de violência doméstica e familiar”.

A vereadora Dharleng Campos, que convidou a magistrada para discursar sobre o tema, agradeceu muito a presença da juíza em debater o assunto de combater a violência contra a mulher. “Agradeço a presença e parabenizo o trabalho da senhora juíza, que mostra o empoderamento da mulher. Tenho certeza que a Câmara Municipal está mobilizada nesta causa. Muitas vezes, a mulher não toma a coragem de denunciar porque falta essa força para decidir, falta a sensibilidade de encarar uma separação, pois o casal tem filhos. Se a Câmara se unir a esta campanha, tenho certeza de que teremos efetividade”, disse a parlamentar.

Ainda de acordo com a vereadora, “é uma covardia quando um homem faz ao violentar uma mulher. É um crime contra a família toda. Precisamos ir para os bairros levar palestras e informações que ajudam a combater esse crime. Vamos nos mobilizar para colocar propagandas ilustrando o papel do homem covarde”, desabafa Dharleng Campos.

A juíza finalizou sua fala agradecendo a oportunidade e dizendo que se houver uma grande mobilização, com certeza os casos de violência contra a mulher reduzirão e muito. No plenário da Câmara, representantes das mulheres de carreira jurídica assistiam aos discursos.

Assessoria de Imprensa da Vereadora

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.