logo
16.12.2021 · Vereador Beto Avelar
Vereador Beto Avelar consegue ampliação dos contratos do PROINC de 2 para 3 anos
beto_avelar_fto_izaias_medeiros

Proposta foi articulada pelo vereador junto ao prefeito Marquinhos Trad. Nova Lei prevê cota de 5% das vagas para mulheres vítimas de violência. 

 

O vereador Beto Avelar (PSD) conseguiu aprovação do Projeto de Lei que estabelece a prorrogação dos contratos do Proinc – Programa de Inclusão Profissional. A proposta foi resultado da articulação do vereador com o prefeito Marquinhos Trad que encaminhou o projeto para a Câmara Municipal ampliando o vínculo do programa de 2 para 3 anos.  

“O Proinc auxilia na geração de renda das famílias que estão em situação de vulnerabilidade. A ampliação do tempo é um pedido antigo dos trabalhadores e uma medida importante porque dois anos passam muito rápido para quem tem que aprender uma profissão e começar a exercê-la. Ainda mais neste período que temos que impulsionar a geração de empregos em nossa cidade. A nova Lei dá melhores condições para as famílias dos beneficiados pelo Proinc”, afirma Beto Avelar que foi coordenador do Proinc entre 2018 e 2020. 

Beto Avelar ressalta que a medida teve apoio fundamental do prefeito Marquinhos Trad. “Sabendo da situação das famílias atendidas pelo Proinc e conhecedor das necessidades do nosso povo, o prefeito Marquinhos Trad encaminhou um projeto que contempla a vontade dos trabalhadores do Proinc. A gestão do prefeito Marquinhos Trad foi a que mais valorizou os trabalhadores do Proinc concedendo direitos e, principalmente, promovendo a dignidade ao dar a mão e ferramentas para quem estava na pobreza trabalhar e conquistar o seu sustento”, explica Beto Avelar. 

A nova lei foi sancionada nesta quarta-feira (15/12) um dia após aprovação pela Câmara Municipal. Beto Avelar aponta que outro avanço da nova Legislação é a inclusão da cota de 5% das vagas para mulheres vítimas de violência. “É uma ação efetiva que vai amparar e permitir o acesso ao emprego, qualificação, renda e ao sustento pelas mulheres que sofrem violência doméstica. Com sensibilidade, o prefeito Marquinhos Trad não mediu esforços para incluir a reserva de 5% das vagas como medida para estímulo para essas mulheres”, detalha Beto Avelar que é líder do prefeito Marquinhos Trad na Câmara Municipal. 

 

Fotos: Izaias Medeiros - CMCG 

 

Assessoria de Imprensa do Vereador Beto Avelar

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.