logo
06.11.2019 · Solenidades
Trabalhadores da construção civil são homenageados em solenidade na Câmara
img_0934

Trabalhadores da Construção Civil foram homenageados pelos vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande durante Sessão Solene na noite desta quarta-feira (6). A homenagem, em comemoração ao Dia do Trabalhador da Construção Civil, com a outorga da Medalha Legislativa "Engenheiro Pedro Pedrossian", foi criada na Casa de Leis por meio das Resoluções 1.218/15 e 1.277/18, de autoria do vereador Carlão.

Na solenidade foram homenageados mestre de obras, pedreiros, carpinteiros, armadores, serventes de pedreiro, eletricistas, encanadores e pintores, cujos trabalhos ou ações mereceram especial destaque na área de construção civil.

O vereador Carlão, 1º secretário da Casa de Leis, destacou que os trabalhadores homenageados “são merecedores e dignos do respeito da população de Campo Grande”. Ele destacou a importância do Legislativo. “Amanhã (quinta-feira) estaremos debatendo e votando leis, projetos de interesse da cidade na sessão ordinária. Temos o papel de legislar, fiscalizar e reivindicar ao Executivo. A Câmara está fazendo isso”, destacou. O parlamentar enfatizou ainda o papel dos vereadores, em valorizar aqueles que fazem a diferença na cidade, trazendo para a Casa de Leis pessoas humildes, que nem sempre são lembradas, mas que contribuem e ajudam no crescimento da cidade. 

De acordo com o vereador Carlão, "a construção civil é uma área de intenso crescimento no Brasil. Justifica a realização desta homenagem ao empenho e dedicação dos profissionais responsáveis por colaborar com o desenvolvimento econômico e estrutural do país", salientou. “Vocês recebem uma medalha de um homem que foi governador, foi senador, foi estadista e, além das obras, gostava das pessoas”.

Cláudio Lourenço de Carvalho, que discursou em nome dos homenageados, falou da importância dos trabalhadores e do reconhecimento ao esforço diário dos profissionais, tanto pedreiros, serventes, eletricistas, azulejistas. “Esses trabalhadores, muitas vezes, sofrem preconceito pela função braçal, em algumas ocasiões nem conseguimos entrar nos prédios que construímos. Sem obras não há progresso. Diariamente realizamos sonhos e ajudamos a construir uma Campo Grande mais bonita e com mais infraestrutura”, disse. 

Elizeu Pacheco, da Federação dos Trabalhadores da Indústria da Construção Civil, ressaltou a necessidade de melhorar os salários dos trabalhadores da construção civil no Estado. 

Mauro Azambuja Rondon, falou representando a Secretaria Estadual de Infraestrutura. “É um orgulho trabalhar com pessoas dedicadas, que muitas vezes ficam longe da família em canteiros distantes da cidade. É uma justíssima homenagem e parabenizo aos vereadores pela iniciativa”. 

Comenda - O secretário municipal de Finanças de Campo Grande, Pedro Pedrossian Neto, agradeceu a honra e a satisfação pela comenda entregue levar o nome de seu avô Pedro Pedrossian, que foi governador do Estado e responsável por várias construções que contribuíram para o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul. “Que o espírito do Pedrossian continue vivo, inspirando gerações. Que possamos enaltecer os trabalhadores da construção civil. Sem vocês não teríamos nada do que é construído na cidade”.   

Ele recordou ainda algumas contribuições de Pedro Pedrossian, para ele o “vovô Pedro”, que sempre se definiu mais como engenheiro do que político. “Ele pode usar suas alavancas para pensar série de projetos estruturantes para Capital e Mato Grosso do Sul como um todo. Teve a honra de governar dois estados, ajudando um gigante adormecido ele pode ajudar a despertar. Ele sempre dizia que “fez muita coisa, mas seu maior legado era ter a honra de dizer que criou três universidades”, dando às pessoas a mesma oportunidade de formação, que foi a mola propulsora de sua vida e carreira. 

Pedro Pedrossian foi governador por três vezes, deixando um legado de obras para o Estado. É formado em Engenharia Civil. Foi governador de Mato Grosso no período de 1966 a 1971, antes que o Estado fosse dividido. Em 1980 também foi governador de Mato Grosso do Sul. Em 1991, assumiu novamente o cargo de governador sul-mato-grossense, eleito em pleito direto. Em suas gestões, foram criadas a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) e Universidade Federal de MS (UFMS), além de executadas as obras do Parque dos Poderes, Parque das Nações Indígenas, o Estádio Pedro Pedrossian (Morenão), o Douradão, o Guanandizão, e o Hospital Rosa Pedrossian, entre outros. Faleceu aos 89 anos em agosto de 2017.

Para o vereador Carlão, 1º secretário da Casa de Leis, "a Medalha Legislativa “Engenheiro Pedro Pedrossian” é, no meu entendimento, uma homenagem das mais justas, especialmente pelo reconhecimento que se presta a esta grande personalidade, em razão disso a escolha de seu nome para denominar a homenagem a ser concedido a outras pessoas ou entidades que tenham destaque na área de construção civil", afirmou o autor da proposta.

Sobre a data - O Dia Nacional do Trabalhador da Construção Civil é celebrado anualmente em outubro, data que homenageia todos os profissionais ligados direta ou indiretamente ao ramo da Construção Civil.

Em Campo Grande a data comemorativa destes profissionais foi regulamentada pela Resolução nº. 1.218 de 24 de novembro de 2015, a ser comemorada no dia 25 de outubro. A origem do Dia do Trabalhador da Construção Civil é comemorada em outubro em homenagem a São Judas Tadeu, o padroeiro religioso da profissão. No entanto, de acordo com decisão tomada por entidades representantes da categoria profissional, o Dia do Trabalhador da Construção Civil não é celebrado no mesmo dia de São Judas Tadeu (28 de outubro), mas sim dois dias antes (Nacional) e três dias no município de Campo Grande.

A abertura da solenidade contou com apresentação da dupla Carlos e Deise.  

Confira a lista de homenageados:

ADEMIR SANTANA - WILSON ANTÔNIO DA SILVA e VALDOMIRO FERNANDES QUEIROZ FILHO

AYRTON ARAÚJO DO PT - JOSÉ LIRIO MENDES DO NASCIMENTO e PHABLU DIEGO DA SILVA JERÔNIMO

BETINHO - ADRIANO MACHADO DA SILVA e VALDINEI DINIZ NOGUEIRA

CARLÃO - CICERO ALUIZIO RIBEIRO e CLÁUDIO LOURENÇO DE CARVALHO

CAZUZA - JOSÉ EDGAR DA SILVA

CHIQUINHO TELLES - JOÃO VICENTE LEITE e JOSEMAR RODRIGUES DOS SANTOS

DHARLENG CAMPOS - LUIZ CARLOS DE SOUZA e SERGIO BARROS

DR. LOESTER - ANDRIANO RODRIGUES DE SOUZA e FRANCISCO VALDIR DOS SANTOS

DR. WILSON SAMI - CLOVIS GONÇALVES DE OLIVEIRA

EDUARDO ROMERO - ANDERSON PIRES PEGO DE SOUZA e ROLDINO MODESTO DE ANDRADE NETO

ENFERMEIRA CIDA AMARAL - JOSEVY ARAUJO FERREIRA e FRANCINEL DE SOUZA MEIRA

GILMAR DA CRUZ - JULIO CESAR PEREIRA DA SILVA e ROBSON LOPES DE SOUZA

JUNIOR LONGO - JOSÉ ADÃO DE OLIVEIRA e EDIMAR DOS SANTOS MATTOZO

OTAVIO TRAD - FÉLIX MELO DE OLIVEIRA e LUIS PONCIANO

PAPY - ANTÔNIO MARCIO SILVA DA CRUZ

Pr. JEREMIAS FLORES - RONEY MORAES ARGUELHO -  ALBERTO INÁCIO DA SILVA

VETERINÁRIO FRANCISCO - FRANCISCO EULALIO FERREIRA DA SILVA e OSEIAS RIBEIRO

WILLIAM MAKSOUD - JULIO CÉSAR DA CRUZ BAHIA e CLEVERSON ALBERTO ROQUE DE SOUZA

CÂMARA MUNICIPAL:

SINÉSIO DA ANUNCIAÇÃO

ELISEU SIMÃO DO NASCIMENTO

VALDINEI COSTA VIANA DIAS

JOSÉ VICENTE DE LIMA

AGUINALDO GONÇALVES DE OLIVEIRA

LUIZ BATISTA CHAVES

WALFRIDO BARBOSA DA SILVA

JOSÉ CARLOS PEREIRA BORGES

ROMILDO SEGOVI HENRIQUE

CLODOILSON LIMA ELIAS

 

Milena Crestani 

Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal 

 

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.