logo
30.05.2022 · Audiência Pública
Secretário presta contas e detalha gastos na área da saúde no 1º quadrimestre do ano
img_4503_prestao_de_contas_da_sesau_fto_izaias_medeiros

O secretário Municipal de Saúde, José Mauro Pinto de Castro Filho, apresentou, nesta segunda-feira (30), os principais dados em relação a receitas, despesas, investimentos e projetos durante o 1º quadrimestre do exercício financeiro de 2022.

Atendendo convocação da Comissão Permanente de Saúde da Câmara de Vereadores, ele ainda detalhou as ações de combate à dengue e ao coronavírus desenvolvidas pela Prefeitura durante a audiência pública.

“Queremos discutir o que precisamos melhorar, nos empenhar e destinar nossos recursos. Temos um compromisso de ofertar uma atenção primária de qualidade para Campo Grande. Aqueles que conhecem de saúde pública sabem que uma atenção primária forte é uma vacinação forte, evitar uma doença grave”, destacou.

“Não posso deixar de destacar o esforço da Sesau com a atenção primária. É uma oportunidade também de agradecer toda a equipe da Secretaria pelo trabalho que tem feito pela saúde pública da Capital”, complementou.

Durante a audiência, o titular da pasta detalhou ainda números sobre atendimentos na rede pública de saúde, investimentos, auditorias, despesas, recursos humanos e as metas a serem atingidas durante o ano. 

Para o presidente da Câmara, vereador Carlos Augusto Borges, o Carlão, cabe ao vereador fiscalizar os trabalhos do Executivo. Ele destacou, porém, que o respeito e harmonia devem nortear os trabalhos.

“Nós, do Poder Legislativo, vamos procurar sempre a harmonia com o Executivo. Não vamos tolher o mandato de nenhum vereador. Cada um tem um jeito de fazer seu mandato. Os excessos que existem são fora do plenário. Posso até ser contra algumas coisas, mas vamos buscar o diálogo. Ser gestor público não é fácil, e as dificuldades existem. Se trabalharmos juntos, não vamos resolver todos os problemas, mas vamos amenizar. Se isso as brigas acontecerem, quem perde é a população”, finalizou.

Por lei, a prestação de contas é feita a cada quatro meses pela Sesau para acompanhamento e fiscalização das metas e destinação dos recursos da saúde de Campo Grande. O debate foi convocado pela Comissão de Saúde da Casa de Leis, composta pelos vereadores Dr. Sandro (presidente), Dr. Victor Rocha (vice), Dr. Jamal, Tabosa e Dr. Loester.

Jeozadaque Garcia
Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.