logo
28.07.2021 · Vereador Ronilço Guerreiro
Ronilço Guerreiro parabeniza prefeitura pela reabertura do Horto Florestal, mas pede reforma da Biblioteca Municipal
whatsapp_image_2021_07_28_at_09_43_06

Espaço histórico de nossa Capital, o Horto Florestal está reaberto para receber a população. O espaço ficou cerca de um ano fechado devido a Pandemia e também para reforma da pista de caminhada e teve investimento de R$ 300 mil nas obras. 

O vereador Ronilço Guerreiro visitou o Horto na manhã de hoje, foi recebido pela gestora da Biblioteca Municipal, Sueli de Oliveira Gonçalves, e destaca a importância deste espaço estar disponível para as pessoas. Guerreiro porém pede que a biblioteca, localizada dentro do parque, também seja reformada e modernizada.

“Fico muito feliz em ver o Horto Florestal novamente recebendo as pessoas, afinal um parque é feito para que tenha movimento, para que pulse vida. Então parabenizo a prefeitura pelo trabalho, mas peço uma atenção para a biblioteca que tem no parque, pois faz parte da história da cidade, está em localização privilegiada e já ajudou muitos estudantes”, comentou o vereador.

De acordo com a prefeitura, estão liberadas também tradicionais atividades de esporte e lazer que funcionavam no espaço, como capoeira, apresentações no Teatro de Arena, pista de skate, curso de mosaico e pintura em madeira no Ateliê da Arte da Arte, além do acesso à Biblioteca Municipal.

“O Horto, além de ser um ponto turístico, é um espaço de manifestação esportiva e cultural. Precisamos dele funcionando para que nossa população tenha ações de lazer, espaço para praticar esporte e ainda conviver com a natureza, um diferencial que o espaço tem”, complementou o vereador.

A população poderá utilizar o Horto Florestal de terça a domingo, das 6h às 18h, com acesso pela rua do Parque, s/n. Informações podem ser obtidas pelo telefone (67) 99105-5069.

Jakson Pereira

Assessoria de Imprensa do Vereador

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.