logo
04.07.2013 · Projeto
Projeto da LDO 2014 será votado na sessão desta quinta-feira
9cab94fff2d12449b81f38670bb31eee

O Projeto da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) para 2014, o mais importante deste primeiro semestre, será votado pelos vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande na sessão ordinária de quinta-feira (4).

 

O Projeto de Lei n° 7.383/13, de autoria do Poder Executivo Municipal, que “dispõe sobre as diretrizes para elaboração da Lei Orçamentária do município de Campo Grande, para o exercício financeiro de 2014 e dá outras providências”, será votado em primeira discussão e votação.

 

Estimando um Orçamento na ordem de R$ 2,716 bilhões, a LDO tem como a principal finalidade orientar a elaboração dos orçamentos fiscais, seguridade social e de investimento do Poder Público, incluindo os Poderes Executivo, Legislativo, Judiciário e as empresas públicas e autarquias.

 

A Comissão de Orçamento e Finanças, composta pelos vereadores Grazielle Machado (presidente), Flávio César, Juliana Zorzo, Carla Stephanini e Alceu Bueno, recebeu 115 emendas à Lei de Diretrizes Orçamentárias. Entre os recordistas, os vereadores Paulo Siufi (PMDB), que assina 20 emendas, seguido pelo vereador Zeca do PT com 13 emendas apresentadas.

 

Mobilidade urbana, acessibilidade, plano de cargos e carreiras do funcionalismo municipal, construção do Parque dos Poderes municipal, revitalização do centro e da antiga rodoviária e a ampliação de recursos financeiros para ações culturais e esportivas são alguns dos temas das emendas apresentadas à LDO.

  

Durante a sessão ordinária, a vereadora Grazielle Machado, relatora da LDO, apresentará o relatório contendo as emendas contempladas, o qual também será submetido à votação em Plenário.

 

(Com informações da Assessoria da vereadora Grazielle Machado)

 

Paulline Carrilho
Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.