logo
23.06.2022 · Vereador Tiago Vargas
População pede socorro, na Saúde Pública, ao vereador Tiago Vargas
foto_materia_socorro_06_scaled

Com prédios precários, falta de medicamentos, Equipamentos de Proteção Individual (EPI) insuficientes, desfalque de médicos e de equipe de enfermagem, procurar atendimento nas unidades de saúde de Campo Grande (MS) tem se tornado um desafio diário, aos que necessitam do sistema público. Com tanta ineficiência, vários pedidos de socorro chegam pelas redes sociais do vereador Tiago Vargas (PSD). São relatos de descaso por parte do Poder Executivo municipal, que tem tratado a população campo-grandense de forma vergonhosa.

“O sistema de saúde pública do nosso município está uma vergonha. As unidades que atendem à população estão sucateadas, falta tudo, e as condições de trabalho para os servidores é precária”, protestou Tiago Vargas.

“O governo federal manda verba e simplesmente o dinheiro não é investido de maneira correta. A prefeitura tem que ter mais transparência em relação à aplicação do dinheiro público, além de mais responsabilidade”, completou.

Sabendo de toda a situação, e atendendo ao chamado da população que pede ajuda, tanto pelas redes sociais quanto pelo WhatsApp, Tiago Vargas realiza fiscalizações em todas as Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF) com frequência.

Em um dos chamados, uma dona de casa, que estava no posto de saúde do Aero Rancho, na noite desta quarta-feira (22), relatou que estava há mais de duas horas aguardando atendimento para o seu filho. Ela disse ainda que as pessoas com suspeita de covid-19 não são separadas dos demais pacientes, o que pode elevar o risco de contaminação.

“Fui atrás de uma assistente social, mas fui informado que não havia, pois ela estava de férias. Isso aqui está uma vergonha, um lixo”, denunciou a dona de casa, em áudio enviado ao vereador Tiago Vargas.

Ao receber a denúncia, o vereador disse que a população está sendo tratada como lixo. “Por essa razão que eu fiscalizo, todos os dias, estou fiscalizando a Saúde de Campo Grande, porque está um caos. A população deve ser tratada com respeito”, disse o parlamentar.

Mais médico

Este ano, o vereador Tiago Vargas realizou mais de 60 fiscalizações e devido às intensas cobranças do vereador, o titular da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), José Mauro, convocou mais de 50 médicos para atender às demandas da população. A decisão foi publicada no Diário Oficial de Campo Grande (Diogrande), no dia 10 deste mês.

“Mesmo com mais convocações eu não vou parar de fiscalizar, mesmo que tentem me impedir de mostrar a verdade eu não vou desistir. A população merece uma Saúde de excelência, não podemos deixar que o povo pague por uma administração incompetente”, afirmou Tiago Vargas.

Assessoria de Imprensa do Vereador

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.