logo
27.05.2019 · Vereador Eduardo Romero
Painel internacional, prêmio e seminário estão na agenda sobre o meio ambiente, que inicia segunda
img_3421_ver_eduardo_romero_fto_izaias_medeiros

Em junho é comemorado o Dia do Meio Ambiente (dia 5), onde os trabalhos de pesquisa, debates, encontros e sugestões estão mais em evidência, em relação ao tema. Fortalecendo as discussões, várias agendas já estão confirmadas como um painel internacional, lançamento de campanha de combate aos incêndios, seminário, cinedebate e entrega do Prêmio Ecologia e Ambientalismo.

Na próxima segunda-feira, 3, no Plenarinho da Câmara Municipal de Campo Grande, será realizado o lançamento da Campanha Agosto Alaranjado, que visa medidas de combate e prevenção aos incêndios florestais e urbanos. De acordo com os levantamentos das instituições que atuam no tema, no final do mês de julho e agosto aumentam muito as ocorrências de focos de incêndios, porém, este ano, a campanha vai começar no mês do meio ambiente, junho.

O evento de segunda está programado para começar às 9h, com a presença do Comitê Municipal de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais e Urbanos, que é composto por representantes do Corpo de Bombeiros , Planurb, Ibama, Imasul, Secretaria Municipal de Segurança Pública e Câmara Municipal.

O vereador Eduardo Romero (Rede), que é vice-presidente da Comissão Permanente de Meio Ambiente e coordenador nacional da Frente Parlamentar de Vereadores Ambientalistas, que é autor da lei municipal que instituiu o Agosto Alaranjado, destaca que Campo Grande possui singularidade no trato das campanhas que visam à prevenção e o combate aos incêndios urbanos e florestais.  Um trabalho importante é feito com as escolas, uma vez que chega ser cultural o atear fogo em áreas para limpeza e uso para produções, sendo os alunos (filhos) propagadores de novas mentalidades na família.

No dia 4 de junho será exibido o filme Ser Tão Velho Cerrado, seguido de cinedebate, no instituto Federal de Mato Grosso do Sul, a partir das 19h. O filme retrata sobre uma comunidade de Chapada dos Veadeiros, em Goiás, que se viu obrigada a se unir para evitar que seu povoado fosse impactado com o crescimento desenfreado do desatamento da vegetação nativa em nome da expansão da fronteira agrícola e que poderia resumir a história dos moradores a apenas relatos.

No dia 5 de junho, a partir das 9h, na Câmara Municipal, será realizada sessão solene para entrega do Prêmio Ecologia e Ambientalismo - Medalha Legislativa Francisco Anselmo de Barros.

Eduardo Romero destaca que Francelmo foi da primeira geração de ambientalistas de Mato Grosso do Sul, inclusive foi mobilizador da grande marcha em defesa do Pantanal na década de 80. ‘Ele não discutia questões ambientais com radicalismo. Ele estimulava novos atores sociais, inclusive sou da terceira geração de ambientalista do Estado e acompanhei de perto o trabalho dele. Se hoje temos este movimento se deve muito a história do Francelmo’, explica o vereador.

A Universidade Católica Dom Bosco realiza no dia 6 de junho, a partir das 19h, o VII Seminário Acadêmico - Plantando Educação Colhendo Ciência. O vereador Eduardo Romero será um dos debatedores.

Ainda na primeira quinzena de junho, dia 7, a partir das 13h, a Câmara Municipal sedia o Painel Internacional Drenagem Urbana: Desafios e Oportunidades. Entre os convidados estão o professor Doutor José Goes Vasconcelos Neto, da Universidade de Auburn (Alabama, Estados Unidos). Ele possui vasta experiência internacional em drenagem urbana. Participam ainda professores doutores da UFMS, Ministério Público Estadual, secretários municipais, entre outros.

Assessoria de Imprensa do Vereador

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.