logo
04.07.2019 · Solenidades
Pacote de R$ 31,4 milhões em obras para o esporte é lançado na Câmara
img_9338_lanamento_obras_para_o_esporte_fto_izaias_medeiros

Campo Grande terá R$ 31,4 milhões de investimentos em mais de 30 obras em todas as regiões da cidade voltadas para esporte e lazer. O anúncio do pacote de investimentos foi feito na manhã desta quinta-feira (4), na Câmara Municipal, com a presença do prefeito da Capital, Marquinhos Trad, e secretários. Na lista constam reformas de parques, praças e instalações de academias ao ar livre, atendendo a várias solicitações feitas pelos vereadores. 

O vereador Prof. João Rocha, presidente da Câmara de Vereadores, destacou que as obras executadas na cidade atendem a pedido dos vereadores e, assim, toda população acaba beneficiada em suas reivindicações. “Essas obras vêm preencher uma lacuna na cidade e no Estado, pois agora teremos equipamentos para entrarmos no calendário internacional e nacional de eventos esportivos”, afirmou, lembrando que a cidade deixou de receber grandes eventos, com quase 4 mil atletas por falta dessa estrutura. 

O esporte como ferramenta social e promoção da saúde, atuando na parte de prevenção, também foram enfatizados pelo vereador. Em seu discurso, o Prof. João Rocha falou ainda das parcerias em benefício da cidade. “Esse anúncio das obras representa uma prestação de contas aos vereadores que aprovaram os projetos. Temos hoje um entendimento harmonioso com independência e um novo perfume na cidade, o do otimismo”, disse.

Trad ressaltou que o esporte representa a vida de uma cidade, pois trás autoestima e ajuda a melhorar a saúde da população. “Quando a pessoa procura um parque? Quando procura uma praça? Para ter momentos de alegria, paz e harmonia. Para jogar bola com os amigos, fazer piquenique com os filhos ou empinar pipa. Esses equipamentos públicos proporcionam momentos de relax”, disse. 

O vereador Prof. João Rocha solicitou ao prefeito que, além das obras executadas, haja ainda o “investimento em recursos humanos para trabalhar nestes equipamentos. Contamos com ótimos técnicos, treinadores e atletas, que se capacitaram e merecem esse reconhecimento”, ressaltou. 

O diretor-presidente da Fundação Municipal de Esporte (Funesp), Rodrigo Terra, fez apresentação de todas as obras que serão executadas, algumas em fase de licitação ou até já em fase inicial. Também apresentou balanço do que já foi executado. Ainda durante a solenidade desta quinta-feira, foi assinado contrato para retomar a reforma do Guanandizão e entorno, incluindo projeto de segurança contra incêndio e pânico. O investimento será de R$ 2 milhões. 

Recursos 

As dificuldades de receita enfrentadas pela Prefeitura de Campo Grande também foram abordadas pelo prefeito, ao mencionar que a população cobra investimentos de qualidade, estrutura dos parques semelhantes à de uma academia privada, mas lembrou que “não há milagre”. Além da queda nos repasses federais, há o desafio de Campo Grande estar recebendo menos no percentual de rateio do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). 

Em 2012, a Capital recebia 27% e neste ano o repasse caiu para 18%. Com isso, Campo Grande perde quase R$ 48 milhões em receita no ano. “Vamos fazer o debate técnico para contestar esse percentual e conto com o apoio dessa Casa”, mencionou. Outro desafio é o índice de inadimplência do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), de 46% dos contribuintes. Para tentar diminuir essa pendência, foi lançado o Programa de Parcelamento Incentivado, conhecido como Refis, que oferece até 90% de desconto para os contribuintes negociarem as dívidas com a administração municipal. O projeto foi aprovado pelos vereadores e a emenda dos parlamentares ampliou o percentual de desconto. 

O vereador Prof. João Rocha garantiu que os vereadores estão juntos com Campo Grande para auxiliar na discussão sobre essa revisão do índice do ICMS. “Já fomos antes ao governador Reinaldo Azambuja, que foi parceiro para garantir a contrapartida para obras que estavam paradas. Contaremos novamente com a sensibilidade do governador para, dentro do que for legal e possível, todos juntos, cumprirmos com nossa responsabilidade e ajudarmos Campo Grande”, disse. 

Veja abaixo a lista de obras: 

Região do Segredo 

Praça no Jardim Campo Belo  -  campo de futebol e pista de caminhada – R$ 109 mil

Centro Olímpico da Vila Nasser – reforma dos alambrados, iluminação, quadras poliesportivas e pintura – R$ 400 mil 

Praça Vila Nasser – pista de caminhada, espaço multiuso e academia ao ar livre – R$ 125 mil 

Região do Prosa 

Parque Ecológico do Sóter – reforma do cercamento, quadras, banheiros, parquinho e iluminação – R$ 755 mil 

Ponte de madeira do Parque Sóter – recuperação estrutural – R$ 248 mil 

Parcão – implantação de parques para cães – R$  50 mil 

Praça da Mata do Jacinto – revitalização dos alambrados, quadras, pista de caminhada e acessibilidade – R$ 215 mil 

Praça do Jardim Noroeste – complexo de esporte, cultura e lazer – R$ 5,7 milhões 

Autódromo de Campo Grande – reforma de boxes, banheiros, segurança e traçado – R$ 740 mil 

Quatro academias ao ar livre – R$ 194 mil 

Região Bandeira 

Praça dos Amigos – revitalizar quadras e campo de futebol – R$ 400 mil 

Parque Jacques da Luz – reforma da estrutura física e complexo aquático – R$ 1 milhão 

Praça das Moreninhas – construção da pista de caminhada, play ground, bebedouros e equipamentos de ginástica – R$ 417 mil 

Praça Universitário – academia ao ar livre – R$ 40 mil 

Região Anhanduizinho

Parque Ayrton Senna – reforma da estrutura física e complexo aquático - R$ 1 milhão 

Pista de Atletismo – arquibancada da pista e equipamentos – R$ 8,5 milhões 

Ginásio Guanandizão – reforma do ginásio e entorno, projeto de segurança contra incêndio – R$ 2 milhões

Praça do Guanandi – revitalização do espaço e instalação de academia ao ar livre – R$ 305 mil 

Quatro academias ao ar livre – R$ 172 mil 

Praça do Parque do Sol – R$ 6 milhões 

Estádio de Beisebol – campo de beisebol, arquibancadas cobertas e vestiário – R$ 955 mil 

Região Lagoa 

Praça Elias Gadia – reforma de estrutura física, pista de caminhada, bebedouros e quadras – R$ 310 mil 

Praça da Juventude Serra Azul – quadras poliesportivas, banheiros, pista de skate e salas multiuso – R$ 310 mil

Duas academias ao ar livre - R$ 91 mil

Região Imbirussu 

Praça Vila Alba – academia do ar livre com manutenção no entorno – R$ 41 mil 

Praça do Coophatrabalho academia intergeracional – R$ 100 mil 

Três academias do ar livre – R$ 149 mil 

Centro 

Associação Okinawa – quadra esportiva, pintura e melhoria na iluminação – R$ 604 mil 

 

Milena Crestani 

Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal 

 

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.