logo
02.12.2021 · Vereador Tiago Vargas
O “Dia em Memória das Vítimas Fatais da Covid-19”, criado por Tiago Vargas, segue para sanção do prefeito
capa_dona_mercedes_vargas

Em segunda discussão, o Projeto de Lei (PL) 10.197/21, do vereador Tiago Vargas (PSD), que institui o “Dia em Memória das Vítimas Fatais da Covid-19” foi aprovado na sessão ordinária desta quinta-feira (2), e agora segue para sanção do prefeito Marquinhos Trad (PSD).

Em abril deste ano, Tiago Vargas também viveu um drama ao perder sua mãe, Mercedes Vargas, 51 anos, em decorrência de complicações da Covid-19. A perda de sua progenitora foi um dos motivos que inspirou o vereador a pensar neste projeto.

“Como todos sabem, eu também perdi a minha rainha, minha mãe, para esta terrível doença. Só quem passa por isso sabe da dor que sinto”, disse.

“A proposta que apresento nesta Casa de Leis tem por objetivo homenagear as vítimas do coronavírus e a todos os familiares que sofrem, até hoje, com a partida de uma pessoa amada”, justificou.

De acordo com o PL, a data escolhida para se lembrar das vítimas fatais acometidas pelo coronavírus é o dia 13 de abril, sendo este o dia em que foi registrado o primeiro óbito em Campo Grande.

Dados Covid-19

Conforme os dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES), de abril de 2020 até o dia 1º de dezembro deste ano, já foram registrados 378.873 casos de contaminação por Covid-19, em Mato Grosso do Sul. E, no mesmo período, foram registradas 9.687 mortes no Estado.

Com a campanha de vacinação em todo o país, os números de novos casos e de vítimas fatais estão reduzindo a cada mês. Se compararmos novembro do ano passado com o deste ano observamos que a redução é bem considerável. No mês de novembro (11) de 2020 foram registradas 181 vítimas fatais contra 29, este ano.

Certamente, este mês fechará com números bem baixos, já que em dezembro do ano passado foram registradas 597 mortes.

Assessoria de Imprensa do Vereador

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.