logo
18.12.2018 · Palavra Livre
Na Tribuna, Comandante da Polícia Militar apresenta dados sobre redução de crimes no Estado
img_2854_cel_valdir_acostafto_izaias_medeiros

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Waldir Ribeiro Acosta, apresentou estatísticas apontando a redução no número de crimes em Mato Grosso do Sul no decorrer deste ano, na Tribuna, durante a sessão ordinária desta terça-feira (18), na Câmara de Vereadores de Campo Grande. Ele também falou dos investimentos que estão sendo feitos, principalmente com auxílio da tecnologia. O convite para a Palavra Livre foi feito pelo vereador Delegado Wellington.

Conforme o balanço da Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública, o índice de roubo a estabelecimentos comerciais caiu 28% de janeiro a novembro deste ano se comparado ao mesmo período do ano passado. Foram 668  crimes do tipo em 2017 e 482 agora neste ano. Os roubos a residência também reduziram 20%, passando de 493 para 392. 

Os roubos a veículos, segundo o comandante da PM, também tiveram queda de 16%, passando de 823 no ano passado para 688 em 2018. Os dados apresentados pela Polícia Militar também mostram queda no índice geral de roubos de 14% e redução de 5% na quantidade de furtos ocorridas nos onze primeiros meses desse ano, em comparação com mesmo período do ano passado. 

Ele fez ainda a prestação de contas sobre as operações da Polícia Militar no período de 1° de janeiro a 16 de dezembro deste ano em todo Estado. Foram 16,7 mil operações, 769 mil pessoas abordadas e 27 mil conduzidas a delegacias, 946 armas de fogo apreendidas, além de 169,5 toneladas de drogas apreendidas.  

Ainda, o comandante da PM destacou parcerias que vem sendo formalizadas para utilizar câmeras de segurança no monitoramento de determinadas regiões, a exemplo do Centro da Capital. Convênio foi formalizado com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) para que os policiais tenham acesso às imagens de câmeras já instaladas, até mesmo por meio do celular. Ação semelhante deve se estender ainda ao interior do Estado, a exemplo de Maracaju. 

O coronel Waldir Acosta falou que o “monitoramento eletrônico vem auxiliando o material humano” e destacou trabalho que vem sendo feito para aumentar efetivo no Estado. Os policiais também iniciarão trabalho de monitoramento com drones e já passaram por curso de formação em Brasília. Nas rodovias, ainda, começa o trabalho de monitoramento, com instalação de sala de comando e controle, ajudando a flagrar veículos roubados ou furtados. 

“Estamos aqui prestando constas. Mensalmente temos reuniões para discutir o que pode ser feito para reduzir a criminalidade”, afirmou o comandante. Os vereadores agradeceram a presença do coronel para informar os dados e os investimentos que estão sendo feitos na segurança do Estado.     

 

Milena Crestani 

Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal 

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.