logo
30.04.2014 · Câmara Comunitária
Moradores pedem melhorias para escola e UBSF em Comunitária no Jardim Aeroporto
024849b1f088369f2dd6aeac2db26c28

Os moradores do Jardim Aeroporto receberam na manhã desta quarta-feira (30), a 11ª edição da Sessão Comuitária, realizada pelos vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande na quadra de esportes da Escola Municipal Carlos Vilhalva Cristaldo. A sessão contou com a presença de moradores, lideranças, alunos do 9º ano e de idosos do CRAS (Centro de Referência em Assistência Social) “Dr. Albino Coimbra Filho”, que apresentaram suas reivindicações para a região.

 

A diretora da Escola Municipal “Carlos Vilhalva Cristaldo”, Rosa Maria Rodrigues solicitou aos parlamentares a construção de mais duas salas de aula e um salão para atividades recreativas, como aulas de dança e ballet. “Assim teremos um espaço para o Projeto Escola Viva, que desenvolvemos dentro da escola. Quero pedir também material para pintura do muro do fundo da escola, com grafite, como o muro da frente, para evitarmos as pichações. Não tivemos condições de terminar o Projeto no fundo da escola, por falta de material”, afirmou.

 

A Professora Simone Peixoto de Lima também fez uso da Tribuna para pedir melhorias para a escola. “É preciso que a Lei do Silêncio seja cumprida nas imediações da escola, pois o som alto tem atrapalhado as aulas, porque a lei não é respeitada aqui no bairro. Também precisamos que o muro da escola seja levantado, porque ele é muito baixo, devido ao terreno que é rebaixado. Peça a ajuda dos vereadores para que seja construída uma praça no terreno abandonado entre as ruas Ponteio, Nova Andradina e José Barbosa Rodrigues, como já havia sido prometido aos moradores. Peço ainda o cumprimento da Lei n° 5.225/13 para vacinação de professores”, revelou.

 

Na Tribuna participativa, a secretária da Associação de Moradores do Jardim Aeroporto, Viviane Penha Cavalheiro solicitou a limpeza das bocas de lobo do bairro e melhoria na segurança, com aumento das rondas policiais nas ruas. “Quero pedir também mais médico para o Posto de Saúde da região, que só tem um médico para atender. E a farmácia do Posto está sem remédio para hipertensão e diabetes”, denunciou.

 

Em seu pronunciamento, a assistente social e coordenadora CRAS (Centro de Referência em Assistência Social) “Dr. Albino Coimbra Filho”, Sônia Lima solicitou a ampliação do espaço para atendimento específico dos idosos no CRAS, que atende cerca de 100 idosos. “Trabalho há 37 anos no CRAS e temos um espaço físico para aumentar. Os idosos merecem um local só para eles. Por isso peço que os vereadores façam uma emenda para que essa ampliação seja possível”, reivindicou.

 

Por fim, o conselheiro regional da região urbana do Imbirussu e coordenador da UBSF (Unidade Básica da Família) do Bairro Vila Serradinho, Jansen Junqueira apresentou uma extensa lista de solicitações, reivindicando melhorias para a unidade de saúde. “Quero pedir patrolamento e cascalhamento para as ruas do Jardim Carioca, construção de uma rede de capitação de água pluvial na Rua Bekmão, n° 219, no Jardim Aeroporto, o conserto do ar condicionado da sala de vacina do Posto de Saúde do Bairro Serradinho. Precisamos de impressoras para as atendentes do Posto, pois as que têm estão pifadas. Temos três aparelhos de ar condicionado já comprados que precisam ser instalados no Posto. Também precisamos de bebedouros para o público que fica aguardando ser atendido. Peço ainda a instalação de academia ao ar livre para o Serradinho, na pista de caminhada ao lado do Posto de Saúde, além da construção de uma escola municipal no Jardim Carioca e um Ceinf no Conjunto Habitacional Nelson Trad”, disse.

 

A Sessão Comunitária contou com a presença dos vereadores Carla Stephanini, Ayrton Araújo do PT, Engenheiro Edson, Dr. Loester, Zeca do PT, Paulo Pedra, Coringa e Chiquinho Telles.

 

As reivindicações e sugestões apresentadas na sessão serão transformadas em Indicações, Ofícios, Requerimentos e Projetos, a serem encaminhados à Prefeitura Municipal, em nome dos 29 vereadores da Casa de Leis.

 

Paulline Carrilho
Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.