logo
15.06.2020 · Vereador Dr. Lívio
Meio ambiente e pandemia. Políticas sustentáveis para o planeta são cada vez mais urgentes
logoa_itatiaia

O que mudou sobre conscientização ambiental com o cenário da pandemia? Com menos produção das indústrias, menos movimentação de turistas, ecossistemas mais preservados o ar ficou menos poluído, os rios mais limpos e isso trouxe um despertar para como o mundo era antes e como é agora.

Um olhar para o meio ambiente diferenciado, no mês em que se comemora o dia mundial dele, traz importantes reflexões, segundo Dr. Lívio (PSDB), que tem como uma das frentes de atuação a política de sustentabillidade.

“Estamos no momento de refletir e agir. Não podemos sair os mesmo após essa pandemia. O planeta mostra o quanto a interferência gananciosa do ser humano pode trazer prejuízos. No meio ambiente não é diferente. Temos o compromisso urgente de transformar realidades e por isso buscamos valorizar quem apoia atitudes relevantes”, diz Dr. Lívio ao relembrar da Lei 5.998/2018, de sua autoria, que dispõe sobre a criação do “Selo Verde” a ser concedido às instituições públicas ou privadas que se comprometam a adotar ações ambientais autossustentáveis.

Conforme o Decreto, os pedidos de concessão para a certificação deverão ser protocolados junto à Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Gestão Urbana (Semadur), com a apresentação dos seguintes documentos: comprovante de inscrição no CNPJ devidamente regular, certidão negativa de débitos com a União, Estado e Município, certidão negativa de débitos trabalhistas e documentação que comprove o desenvolvimento de ações autossustentáveis e efetivas em prol do meio ambiente.

“Tendo o direto ao selo, as instituições poderão usar e divulgar a logomarca em seus produtos; materiais impressos; nos canais de mídia da instituição, incluindo mídias sociais; nos eventos e nas embalagens de seus produtos”, explicou o vereador.

O secretário municipal do Meio Ambiente e Gestão Urbana (Semadur), Luís Eduardo Costa, destacou o valor da lei do Selo Verde, no sentido de reconhecer as atitudes sustentáveis, importantes na área ambiental que a cidade passa a valorizar.

Para a análise e avaliação do pedido de concessão da certificação, será instituída uma Comissão Avaliadora composta por membros representantes da Semadur, Planurb e Conselho Municipal do Meio Ambiente, que será publicada através de Resolução.

Assessoria de Imprensa do Vereador

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.