logo
10.05.2022 · Vereador João César Mattogrosso
João César Mattogrosso exalta Festival América do Sul Pantanal como grande evento da cultura sul-mato-grossense
fasp_destaque

Serão 118 atividades durante quatro dias de evento em MS e na Bolívia

Entre os dias 26 e 29 de maio, Corumbá e Ladário vão viver intensamente todo o encanto que a arte é capaz de proporcionar, com a 16 ª edição do Festival América do Sul Pantanal (FASP), lançado nesta terça-feira (10), em Campo Grande, pelo Governo do Estado através da Secretaria de Estado de Cidadania e Cultura (Secic) e Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul.

O tradicional evento sul-mato-grossense, que une as culturas do Estado a de países vizinhos, retorna ao calendário oficial, após um hiato de dois anos, causado pela pandemia.

O vereador João César Mattogrosso (PSDB), que durante 11 meses foi titular da Secic, participou da solenidade de lançamento.

“É uma alegria muito grande ver a cultura voltando a pulsar em nosso Estado. O Festival América do Sul Pantanal é mais que um evento tradicional, é uma marca registrada da pluralidade cultural de Mato Grosso do Sul. Parabenizo ao Governo do Estado, a Fundação de Cultura e a Secic por esse grande momento para toda a população, que recebe essa programação muito bem selecionada, como um presente”, avalia o vereador.

A edição de 2022 do Festival homenageia o centenário da Semana de Arte Moderna, realizada em 1922 em São Paulo, transformando o cenário cultural brasileiro e, ainda, representantes da cultura de Mato Grosso do Sul. Nas artes plásticas, a homenageada será Lídia Baís, acompanhada pelo historiador Augusto César Proença e pelo escritor corumbaense Lobivar de Matos.  

O governador Reinaldo Azambuja destacou a importância dos investimentos na cultura, recordando a participação de João César Mattogrosso na retomada cultural do Estado, por meio de sua atuação na Secic.

“É um grande presente para Mato Grosso do Sul retomar as atividades artísticas pós-pandemia. São mais de R$ 6 milhões investidos em música, teatro, circo, dança, cinema e uma extensa agenda de atividades. Agradecemos à organização do evento, o que inclui o vereador João César Mattogrosso, que durante sua gestão na Secic atuou em prol da valorização da cultura do nosso Estado e é parte desse evento que hoje estamos lançando”, afirmou o governador.

Com 118 atividades, 25 oficinas e atrações em mais de 10 áreas artísticas, o Festival América do Sul Pantanal foi lançado em 2004. Neste ano serão quatro dias de festa com participação de nove países vizinhos do Brasil: Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela.

Entre as atrações musicais estão: Michel Teló, Atitude 67, Martnália, Margareth Menezes, Monobloco, Marcelo D2, Companhia Cortocinesis, Hermanos Irmãos, Sofia Viola (Argentina) e Ruben Bada (Uruguai).

Há ainda atrações como: Cinesolar, Quebra-Torto com Letras, Pavilhão Países, Tenda dos Saberes Indígenas e atividades nas áreas de gastronomia, circo, dança e artes plásticas. Toda a programação do evento é gratuita e aberta à população.

Elci Holsback 
Assessoria de Imprensa do vereador

Fotos: Malu Pessota e Ricardo Gomes 

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.