logo
11.06.2019 · Vereador Delegado Wellington
Gestão participativa em parceria com a Câmara dos Vereadores é um dos pontos positivos da gestão municipal, segundo Delegado Wellington
img_5757

O Vereador Delegado Wellington durante a Sessão Ordinária da última quinta-feira (11), manifestou contentamento com a gestão municipal, pois desde o inicio do mandato do Prefeito Marquinhos Trad, houve diálogo com a Câmara Municipal, mesmo durante a reorganização municipal, pois foi feito convite a todos os Vereadores interessados a participarem dessa gestão.

Segundo o Vereador Delegado Wellington várias ferramentas foram inseridas para essa organização, “teve de ter muita coragem e tomada de decisão para decisões polêmicas, tipo as obras do “Reviva Centro”. Não tem como, você resolver assuntos complicados de forma lenta, e essas decisões tem sido tomados no momento exato e com firmeza”, destacou.

Atualmente Campo Grande esta passando por um restruturação nas principais vias como a Av. Ernesto Geisel, Rua Bahia e Av. Bandeirantes, além de implantação de asfalto em alguns bairros como Nova Lima, Anache e Santa Luzia. Além de serviços preliminares para a última etapa do recapeamento da Avenida Euler Azevedo, que abrangerá o trecho de um quilômetro entre a Avenida Ernesto Geisel e a rotatória com a Tamandaré. 

Retomou a implantação de drenagem e pavimentação no Residencial Bellinate, localizado na região urbana do Imbirussu. As obras foram interrompidas há  cinco anos, quando a empreiteira vencedora da primeira licitação pediu rescisão do contrato, com 31% do serviço realizado. O projeto foi readequado para contemplar trechos  de três ruas (que somam uma extensão de pouco mais de meio quilômetro) e fazer a interligação por asfalto do Recanto dos Pássaro com o Ana Bairro Maria do Couto, bairros vizinhos ao Bellinate.

PAC Mobilidade – O conjunto de ações inclui, ainda, R$ 15,9 milhões para o PAC Mobilidade Urbana, sendo R$ 12,855 milhões via financiamento do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) e R$ 3,045 milhões do convênio com o governo estadual.

Com os recursos, será possível dar continuidade às obras do corredor sudoeste de transporte coletivo e do corredor norte. No primeiro caso, está prevista a licitação do recapeamento da Avenida Bandeirantes, com custo estimado em R$ 8,1 milhões. A obra, que inclui um pavimento especial para a circulação do transporte coletivo, vai se integrar aos investimentos já realizados nas Ruas Guia Lopes e Brilhante, e que envolve ainda a Avenida Marechal Deodoro.

PAC Pavimentação – A maior parte dos recursos do convênio, na ordem de R$ 9,658 milhões, será usada para a conclusão de 12 frentes de pavimentação pela cidade e iniciar outras quatro: Vila Nasser (Etapa A), Jardim Belinatti (região do Panamá), Jardim Anache e Complexo José Tavares do Couto – as duas últimas na região do Nova Lima, onde foram iniciadas ações que se estenderam pela Cônsul Assaf Trad, Avenida Zulmira Borba e Rua Jerônimo de Albuquerque.

 

Sidney Araujo

Assessor de Imprensa do Vereador

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.