logo
24.04.2014 · Nota de Esclarecimento
Em documento oficial, promotor atesta que vereadores foram ouvidos apenas como testemunhas e não como investigados
b378cfb141754cfa24f9fcce2c21f288
O promotor Marcos Alex Vera de Oliveira fez questão de esclarecer nesta quinta-feira (24) que os vereadores Otávio Trad, Eduardo Romero e Flávio César, todos do PT do B, foram ouvidos pelo GAECO (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) na condição de simples testemunhas do Procedimento Investigatório Criminal n° 02/2014.
 
 
Mesmo o procedimento estando em segredo de justiça, o promotor revelou que os três parlamentares de Campo Grande “não figuram como investigados, tendo colaborado com as investigações, respondendo a todas as perguntas que lhes foram feitas”. A declaração foi feita em documento oficial emitido pelo promotor, após requerimento apresentado pelos vereadores, de modo a esclarecer o fato após as inúmeras especulações na imprensa sobre a natureza das notificações entregues pelo GAECO na terça-feira (22) no gabinete dos vereadores. 
 
 
"Estamos à disposição da justiça para qualquer esclarecimento", destacou Eduardo Romero, em nome da bancada do PT do B, durante a Sessão Ordinária desta quinta.
 
 
Paulline Carrilho
Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal
Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.