logo
13.02.2020 · Vereador Delegado Wellington
Delegado Wellington sai em defesa dos agentes da segurança pública de MS
whatsapp_image_2020_02_13_at_17_52_08

Durante sessão ordinária desta quinta-feira (13), o vereador Delegado Wellington (PSDB), rechaçou a fala do vereador Vinicius Siqueira que usou o microfone no plenário para criticar a atuação da Guarda Municipal, Policia Militar e Polícia Civil em Campo Grande.

De acordo com o vereador Vinicius Siqueira (DEM), as forças de seguranças estariam sendo omissas na repressão às drogas, em especial na região central. “O centro de Campo Grande está se tornando uma cracolândia e a secretaria de segurança pública não toma nenhuma medida”, disse o parlamentar, alegando ainda que tanto a Policia Civil, quanto Militar não estariam fazendo nada diante da situação.

Com uma carreira policial exitosa desde o ano 2000, pós-graduado em Segurança Pública e referência para segurança de Mato Grosso do Sul, o vereador Delegado Wellington saiu em defesa dos agentes de segurança apresentando dados reais da segurança pública do Estado.

“Temos diversos órgãos institucionais como a guarda municipal, polícia militar e civil que trabalham de forma séria. Por isso nossa Capital se tornou a segunda melhor capital para se viver em termos de segurança pública”, apontou Delegado Wellington.

Além disso o parlamentar indicou qual deveria ser o papel do colega de parlamento enquanto legislador. “O que vossa excelência (Vinicius Siqueira) deveria fazer ao invés de usar esse parlamento para criticar a segurança pública é apresentar projetos sociais e programas para que as pessoas não precisassem usar drogas”, completou Delegado Wellington.

Dados da segurança em MS - Levantamento feito pelo Centro de Liderança Política (CLP), divulgado em outubro de 2019 apontou que MS obteve a pontuação 89,2, numa escala de zero a 100 no pilar de Segurança Pública do Ranking de Competitividade dos Estados, o desempenho está acima da média nacional, que é 57,5.

Apesar de fazer fronteira com dois países e enfrentar diariamente o tráfico de drogas, os crimes contra a vida também sofreram redução no último ano. Os homicídios dolosos apresentaram uma queda de 13,3%. Na Capital a queda é ainda maior, 24,6%, sendo 57 mortes em 2018 e 43 em 2019. A Sejusp também apontou queda nos homicídios culposos no trânsito em todo o Estado (-7,6%) e em Campo Grande (-23,1%). Em Campo Grande o destaque também é para roubos em estabelecimentos comerciais, com redução de 42,3%, seguido dos casos em vias públicas (-23,3%), em residências (-22,2%) e o de veículos (-17,3%).

Assessoria de Imprensa do Vereador

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.