logo
12.06.2019 · Vereador Delegado Wellington
Delegado Wellington realiza palestra sobre Bullying e prevenção às drogas
capa

Na manhã desta quarta-feira (12), o Delegado Wellington teve a oportunidade de ministrar uma palestra sobre bullying e prevenção as drogas, para alunos da Escola Nova Dimensão, localizado no Bairro Pioneiros em Campo Grande – MS.

Na oportunidade, o Delegado Wellington pode contar um pouco da sua história, até os dias de hoje, como Delegado, e ressaltou a importância de estudar. “Eu sou filho de professora e tive uma infância difícil, mas apesar de todas as dificuldades, sempre escutei os conselhos de minha mãe e o principal direcionamento que ela passou foi em relação aos estudos, sempre falava que para vencer na vida, sempre repetia, “estuda menino, estuda”, e não perdi a oportunidade de estudar quando tive oportunidade e isso me levou através da persistência a vencer na vida chegando hoje a profissão de Delegado de Polícia Civil”, destacou.

Durante a palestra pode alertar sobre prevenção ao uso de drogas tantos lícitas quanto ilícitas.

O Delegado Relatou ainda sobre a importância em combater ao bullying nas escolas, pois tem de se pregar o respeito e saber respeitar as diferenças, pois a criança excluída, como forma de escapar desta realidade, acaba entrando no mundo das drogas ou crime.

Bullying é um termo da língua inglesa (bully = “valentão”) que se refere a todas as formas de atitudes agressivas, verbais ou físicas, intencionais e repetitivas, que ocorrem sem motivação evidente e são exercidas por um ou mais indivíduos, causando dor e angústia, com o objetivo de intimidar ou agredir outra pessoa sem ter a possibilidade ou capacidade de se defender, sendo realizadas dentro de uma relação desigual de forças ou poder.

As consequências do bullying podem ser prejudiciais para o desenvolvimento adequado das atividades em sala de aula e para a construção de um processo de aprendizado eficiente. Além de afetar o contexto educacional, o bullying pode prejudicar o desempenho dos alunos e causar danos psicológicos e físicos.

O Vereador Delegado Wellington é autor da Lei de nº 5.856, de 28 de agosto de 2017 é pautada por diversas diretrizes, entre elas o monitoramento das condutas ou atos de violência ocorridos no ambiente escolar envolvendo alunos, professores, dirigentes e agentes públicos que atuam nas escolas e identificação dos estabelecimentos de ensino com maior número de ocorrências relacionadas à violência.

Além disso, a lei institui a elaboração do perfil das vítimas e dos agressores, bem como de outros fatores considerados relevantes à compreensão do problema da violência nas escolas e notificação pelas escolas de qualquer conduta ou ato de violência ocorrido em suas dependências ao órgão municipal competente pela gestão da política pública em pauta.

Ainda segundo a lei sancionada nesta quarta-feira (30), entende-se como conduta ou ato de violência o fato que provoque constrangimento físico ou moral, por meio de coação ou força física, que resulte em atentado à integridade de alunos, professores, dirigentes e agentes públicos que atuam nas escolas, bem como qualquer ação que resulte em dano ao patrimônio público.

“Em relação ao combate à violência nas escolas, de acordo com a peculiaridade de cada unidade escolar, o Poder Público, sempre que possível, adotará, entre outras, as medidas de implantação de projetos pedagógicos específicos nas escolas que sofrem com os maiores índices de violência. Essas ações promoverão ações de cultura da paz, campanhas educativas de conscientização, valorização da vida e do exercício da cidadania”, explica o Vereador.

 

Sidney Araujo

Assessor de Imprensa do Vereador

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.