logo
11.12.2017 · Vereador Vinicius Siqueira
CPI do Táxi ouve 24 donos de alvarás nesta segunda-feira
img_1968_ver_vinicius_siqueira_fto_izaias_medeiros

Vinte e quatro pessoas serão ouvidas na fase final da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do Táxi, em Campo Grande nesta segunda-feira (11). Segundo informações do presidente da Comissão, vereador Vinicius Siqueira (DEM), já prestes a finalizar o relatório da Comissão, indícios de irregularidades forçaram o grupo a realizar novas oitivas. 

Na ocasião serão ouvidas como testemunhas, proprietários de alvarás de duas famílias da Capital. Até o momento, 14 pessoas já foram ouvidas durante a CPI.

De acordo com Siqueira, a maioria dos alvarás possuem algum tipo de irregularidade e os novos indícios podem agravar ainda mais o que já foi apurado e consta no relatório final, que já tem pelo menos 80 páginas. 

Em agosto, quando foram feitas as últimas oitivas, o vereador chegou a mencionar que a administração pública havia tratado com amadorismo o assunto já que alguns documentos, sequer apresentam firma reconhecida em cartório. “Os alvarás são concessões da administração pública, são do povo de Campo Grande. Há muitos documentos feitos de próprio punho, sem qualquer formalidade, sem firma reconhecida”, questionou o parlamentar à época. 

“Nós apuramos que existe a concentração pulverizada de alvarás em nome de algumas famílias de Campo Grande que chegam a possuir até um ponto completo”, lembrou Siqueira. Segundo ele, a intenção é votar o relatório final ainda este ano. “Não queremos deixar para o próximo ano”, concluiu. Ainda de acordo com ele, o relatório é indicativo e todos os problemas elencados serão encaminhados para o MPE (Ministério Público Estadual) e Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) para as devidas providências. 

Os familiares de sobrenomes Oshiro e Sandim serão ouvidos nesta segunda-feira (11) a partir das 13h no Auditório Edroim Reverdito, na Câmara Municipal de Campo Grande.

Vivianne Nunes

Assessoria de Imprensa do Vereador

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.