logo
19.06.2013 · Nota de Esclarecimento
Comunicado: Câmara vai rever alimentação para vereadores
987e1bbdf3c7e61f98c2b8bb4a9fc369

Comunicado:

 

Diante de matérias veiculadas na imprensa, os vereadores decidiram rediscutir a alimentação na Casa de Leis.

 

Inicialmente, afirmo que não é café da manhã, mas sim uma alimentação por conta da duração das sessões ordinárias e em decorrência de outros trabalhos legislativos, como audiências públicas, oitivas, sessões comunitárias, sessões itinerantes, reuniões de comissões permanentes e Comissões Parlamentares de Inquérito e outras atividades parlamentares.


Com isso, quero dizer que a Câmara não trabalha apenas terça, quarta e quinta-feira pela manhã no horário das sessões, mas sim de segunda à sexta, durante todo o dia. As sessões ordinárias, por exemplo, estão sendo prorrogadas e estão ultrapassando com frequência o horário, terminando por volta das 14 horas, até por conta do aumento do número de vereadores.


Reitero ainda que o valor dessa alimentação é estimado e não fixo, sendo gasto de acordo com a necessidade em cada mês.


Se pegarmos, por exemplo, o valor gasto no último mês e dividirmos pelo número de dias de trabalho e pelo número de vereadores, o valor que se chega por parlamentar é de 10 reais em média no dia todo.


Essa alimentação não é uma iniciativa dessa administração, mas uma prática antiga de outras legislaturas.


Contudo, a Câmara vai rever essa alimentação com uma série de ações administrativas que vamos fazer, já adiantando a primeira delas, que será a criação de uma comissão para revisão do Regimento Interno, em função dessa nova realidade das sessões com os 29 vereadores.


  Mario Cesar
Presidente da Câmara Municipal de Campo Grande

 

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.