logo
15.09.2017 · Vereador Valdir Gomes
Comissão Permanente reclama de ausência da passagens gratuitas para Idosos nos terminais de Campo Grande
20170915_112253

A Comissão Permanente de Assistência Social e do Idoso - Câmara Municipal/CG, reune-se nessa sexta-feira  (15), com representantes de Transporte Intermunicipal/Interestadual, para apresentar as reivindicações  ao atendimento dos Idosos em nossa Capital. 

 Idosos estão reclamando que não estão conseguindo obter a passagem interestadual gratuita nos terminais rodoviários de Campo Grande.

O direito é previsto em lei: todo ônibus de viagem interestadual deve reservar dois assentos gratuitos para quem tem mais de 60 anos e, se não tiver vaga, a empresa deve vender a passagem pela metade do preço. O problema é que, para conseguir viajar, demora muito para conseguir a passagem.

O atendimento nos guichês das empresas foi uma das grandes reclamações dos idosos que participaram da reunião. "Tem que haver uma qualificação para atender os idosos, pois essa categoria merece um atendimento especial", disse o Vereador Valdir Gomes.

Dona Amalia Araújo disse,  " Somos tratados com toda falta de respeito e nos cobram taxas que não sabemos onde tá essa gratuidade. É preciso haver mais transparência e respeito aos idosos". 

Dr. Rodrigo Bezerra Vaz, representante do Procon/MS, disse que tem recebido diversas denúncias relativas aos atendimento dos Idosos e que o Procon tem feito várias fiscalizações para que a Lei seja cumprida,"O Procon tem ciência da falta de qualidade no atendimento para com os idosos e vê má-fé nas empresas ao tirar o transporte convencional para viagens Intermunicipais", relatou o representante do Procon-MS. 

Os representantes das empresas se comprometeram em buscar  melhorar o atendimento, em especial para os idosos e se deixaram a disposição para quaisquer dúvidas.

Assessoria de Imprensa do Vereador

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.