logo
30.05.2019 · Vereadora Dharleng Campos
Católicos são homenageados com a outorga do Prêmio Papa João Paulo II
foto_29

A solenidade foi presidida pela Vereadora Dharleng Campos e teve o plenário da Câmara Municipal repleto de lideranças da Igreja Católica 

Na noite de ontem (29), a Câmara Municipal de Campo Grande realizou a sessão solene em outorga do Prêmio Papa João Paulo II, instituído por meio da Resolução número 1.104/09. A comenda foi destinada às pessoas que se dedicam a trabalhos e ações sociais desenvolvidos pela igreja católica.

“Que noite incrível! Foram muitas emoções e sorrisos que fecharam com chave de ouro a sessão solene de outorga ao Prêmio Papa João Paulo II. Agradeço de coração a presença de todos que prestigiaram esse momento e aos homenageados por contribuírem com a missão dada por Deus”, discursou a Vereadora Dharleng Campos, proponente da solenidade.

O arcebispo da Arquidiocese de Campo Grande, Dom Dimas Lara Barbosa, também participou do evento. Ele parabenizou a Câmara pela homenagem e destacou a importância de servir ao próximo. 

“Como é bom voltar a essa casa. Eu já tive a graça de receber esse prêmio alguns anos atrás e sempre me alegro quando percebo que pessoas com trabalho simples fazem a diferença na vida dos irmãos”.

A solenidade contou com a apresentação do coral Vozes de Francisco, da Igreja São Francisco de Assis; Psalmus Grupo de Dança, da Paróquia Nossa Senhora Aparecida das Moreninhas; e também voz e violão com o cantor Zezão, que entoou o hino de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, enquanto a Ministra da Eucaristia do Santuário Estadual e devota de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, Vereadora Dharleng Campos, carregava o ícone da Santa.

“Me sinto honrada e abençoada em servir nossa mãezinha todas as quartas-feiras no Santuário. Tê-la aqui presente conosco nessa ocasião tão importante e ver a devoção das pessoas me deixa muito emocionada”, pontuou a parlamentar. 

História do Papa

São João Paulo II levou uma vida inteiramente dedicada a Deus. Nasceu no dia 18 de maio de 1920, em Wadowice, na Polônia, e foi batizado com o nome de Karol Wojtyła.

Visitou 129 países durante seu pontificado, esteve quatro vezes no Brasil onde visitou várias cidades e reuniu multidões. Em Campo Grande sua vinda ocorreu no dia 16 de outubro de 1991. O Papa foi recebido por centenas de fiéis ao longo das avenidas Duque de Caxias e Afonso. A missa, com cerca de 100 mil presentes entrou para a história como o maior evento religioso já ocorrido no Estado de Mato Grosso do Sul.

Ana Palma Franco
Assessoria de Imprensa da Vereadora

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.