logo
13.09.2019 · Eventos
Câmara sedia bate-papo sobre drenagem e políticas públicas no próximo dia 25; com vagas limitadas
capa_bate_papo_drenagem

No dia 25 de setembro, uma quarta-feira, a Câmara Municipal de Campo Grande vai sediar, a partir das 7h30, no Plenário Edroim Reverdito, bate-papo sobre Drenagem e Políticas Públicas. As vagas são limitadas conforme capacidade do auditório, que tem 60 lugares.

O evento é promovido pela JPS – Jovens Profissionais do Saneamento, que é um programa da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária Ambiental (ABES) e pelo mandato do vereador Eduardo Romero (Rede). As inscrições são feitas pelo site www.eduardoromero.com.br/evento. Informações pelo: 3316-1534. Haverá certificado de 4 horas para interessados.

Em junho deste ano foi realizado na Câmara da Capital o Painel Internacional de Drenagem Urbana, com apresentação das problemáticas que a cidade já teve, continua tendo e as novas demandas ligadas a esta temática com o desenvolvimento urbano. Além disso, o pesquisador José Goes Vasconcelos Neto, da Universidade de Auburn (Alabama-EUA) falou sobre inovações e mudanças de hábitos para eficiência em drenagem. Também foram apresentadas novas tecnologias de monitoramento e controle. ‘O bate-papo do dia 25 é um desdobramento deste painel. Fomos procurados pela JPS-MS e já temos interessados de algumas cidades do interior do Estado’, explica Eduardo Romero.

O objetivo do bate-papo é discutir os problemas, soluções e perspectivas práticas das políticas públicas relacionadas à drenagem urbana. ‘Em vista de receber na Câmara Municipal a Política Municipal de Drenagem e Manejo de Águas Pluviais, que precisa ser feita em até quatro anos, conforme estabelecido no Plano Diretor, a intenção é qualificar tecnicamente a discussão’, destaca o parlamentar.

Convidados

Eduardo Romero – Está no segundo mandato de vereador. Está vice-presidente da Comissão Permanente de Meio Ambiente da Câmara Municipal de Campo Grande e presidente da Comissão Permanente de Finanças e Orçamento. Está Coordenador nacional da Frente Parlamentar de Vereadores Ambientalistas. Integra a RAPS - Rede de Ação Política pela Sustentabilidade – que é uma entidade civil, sem fins lucrativos, de natureza apartidária, com pluralidade ideológica, cuja missão é contribuir para o aperfeiçoamento da democracia por meio da formação de lideranças políticas.

Guilherme Cavazzana - Engenheiro Ambiental, Doutor em Saneamento Ambiental e Recursos Hídricos, tem atuado como engenheiro e consultor ambiental na solução de demandas de empreendimentos agroindustriais, rurais e públicos e é professor na Universidade Católica Dom Bosco - UCDB e Faculdade de Mato Grosso do Sul (FACSUL).

Ricardo Schettini - Engenheiro Civil, Especialista em Gerência de Projetos e Serviços de Engenharia de Infra-Estrutura e Saneamento, atuou na elaboração do atual Plano Diretor de Drenagem Urbana de Campo Grande.

Marcos Cristaldo - Engenheiro Civil, especialista em Avaliação Imobiliária. Foi Secretário Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, Diretor-Presidente do Instituto Municipal de Planejamento Urbano e atualmente é engenheiro da Central de Projetos da Prefeitura de Campo Grande e atuou na elaboração do Plano de Ação de Drenagem de Águas Pluviais de Campo Grande/MS.

JPS

O Programa Jovens Profissionais do Saneamento Ambiental, da ABES (Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental) surgiu para preencher uma lacuna identificada no mercado pela carência de profissionais qualificados para atuar no setor de saneamento. O JPS é um programa de desenvolvimento contínuo com objetivo de despertar habilidades e lideranças entre os jovens que começam a atuar na área do saneamento ambiental, para satisfazer as necessidades presentes e futuras do setor. 

Assessoria de Imprensa

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.