logo
09.05.2022 · Outras Notícias
Câmara de Vereadores vai apoiar divulgação das ações de coleta de dados do Censo 2022
whatsapp_image_2022_05_09_at_11_22_36_1

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) inicia, no dia 1º de agosto, o Censo Demográfico de 2022. Nesta segunda-feira (09), o superintendente regional do órgão em Mato Grosso do Sul, Mario Alexandre Frazeto, esteve na Câmara Municipal de Campo Grande e pediu apoio para divulgação das ações de coleta de dados. 

“A importância do Censo é abrangente em várias áreas, como na área social, na economia e nos investimentos. Foi com os dados do Censo, por exemplo, que se calculou a vacinação das crianças e adultos, as quantidades a serem aplicadas. Os dados do IBGE são muito usados na saúde, no crescimento econômico, e grandes empresas fazem suas tabulações. O Governo investe com base nesses dados. É o maior banco de dados do Brasil e do mundo”, disse.

Frazeto foi recebido pelo presidente da Casa, vereador Carlos Augusto Borges, o Carlão, e pelo vereador Ronilço Guerreiro. Ele frisou que os trabalhos de coleta de dados seguem até o dia 31. Em todo o Brasil, são mais de 180 mil recenseadores, que vão de porta em porta para a coleta dos dados. Eles devem visitar mais de 70 milhões de domicílios de todos os municípios brasileiros para realizar as entrevistas.

Os recenseadores trabalharão uniformizados, com boné e colete azuis com a logomarca do IBGE. No colete, haverá também o crachá de identificação, contendo a foto e os números de matrícula e identidade do entrevistador.

“Nosso pessoal vai estar identificado com colete, crachá, e tem nosso 0800, que qualquer cidadão poderá ligar para ver se realmente é um funcionário que está ali para coletar as informações”, frisou. O número para contato é o 0800 721 8181.

O vereador Ronilço Guerreiro destacou a importância do Censo para a definição das metas e prioridades de investimentos da administração pública.

“O Censo é de grande importância para a cidade, pois através dele podemos saber quem somos, quantos somos, onde estamos e o que pensamos. E, através dele, definimos investimentos. É muito importante a Câmara participar. Com o Censo, elaboramos projetos que atendam a cidade”, destacou.

O estudo deste ano conta com um orçamento de quase R$ 2,3 bilhões, já aprovado pelo Congresso Nacional e sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro.

Jeozadaque Garcia
Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.