logo
14.07.2016 · Projeto
Câmara apresentou 8.815 indicações e aprovou 148 Projetos neste 1º semestre
d63a34c8d6193985223a6b4c5967ff65

Durante a última sessão ordinária deste primeiro semestre de 2016, realizada nesta quinta-feira (14), o presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, vereador Prof. João Rocha apresentou um balanço das atividades parlamentares e destacou que o recesso será apenas a paralisação das ações em Plenário, sendo que os gabinetes e setores administrativos continuarão em pleno funcionamento.

 

O recesso parlamentar será de 18 a 31 de julho e as atividades em Plenário serão retomadas no dia 2 de agosto.

 

Neste primeiro semestre foram realizadas 42 sessões ordinárias, nas quais 28 representantes da sociedade civil organizada usaram a Tribuna para abordar temas de importância da comunidade campo-grandense. Também foram realizadas 23 Audiências Públicas para debater temas como educação infantil, saúde pública, Plano Diretor, futebol amador, resíduos sólidos, transporte público, políticas públicas para jovens, mulheres e comunidade LGBT, cultura, iluminação públicas, entre outros temas.

 

Em Plenário foram aprovados um total de 148 Projetos, sendo 33 Projetos de Lei, três Projetos de Lei Complementar, 93 Projetos de Decreto, 11 Projetos de Resolução, todos de autoria dos vereadores, sendo que outros 95 propostas continuam em tramitação para o próximo semestre. Também foram aprovados oito Projetos de autoria do Poder Executivo. Foram rejeitados 17 Vetos do Executivo e outros quatro foram mantidos.

 

Em Plenário foram apresentadas pelos vereadores um total de 8.815 indicações solicitando melhorias para diversos bairros da cidade, sendo que apenas 292 foram respondidas pela Prefeitura.

 

De acordo com o presidente Prof. João Rocha, "durante o recesso parlamentar essa Casa vai continuar a trabalhar normalmente, os gabinetes estarão à disposição. Tivemos um semestre proveitoso. Com a Câmara Comunitária tivemos a oportunidade de estar nos bairros. Essa Casa colheu mais de 8.000 indicações em um semestre. São mais de mil indicações por mês, é um número muito significativo, que mostra a musculatura do trabalho que os vereadores estão realizando junto aos bairros e a população de Campo Grande. Isso mostra a nossa musculatura política. Esse é o nosso trabalho. Exercer nosso mandato à altura da confiança que nos foi dada", afirmou.

 

Ao todo foram realizadas 13 ações do Projeto Câmara Comunitária, na qual os vereadores foram a diversos bairros e distritos de Campo Grande, para conhecer de perto as necessidades e colher as reivindicações dos moradores. Nas comunitárias foram colhidas 286 indicações, outras 257 durantes s blitze em obras paradas, além de 116 indicações colhidas por meio do aplicativo  "Câmara Ativa" e mais 79 durante a Caravana da Saúde, totalizando 738 indicações.

 

Ainda segundo João Rocha, "exercer a nossa função nesse Parlamento não tem sido fácil, mas nada que é fácil é bom. Que possamos nos debruçar com afinco em nosso trabalho, porque o Poder Legislativo está em pé, cumprindo com suas obrigações. E que no retorno do recesso possamos estar mais fortalecidos, cumprindo com nossas obrigações legais e regimentais. Que permaneçamos prontos e alertas para, em sendo convocados, estarmos aqui para o que for preciso. É apenas um recesso, que não se confunda isso. Não são férias, é um recesso, como em outras instâncias do Legislativo. É um recesso parlamentar, de Parlamento, paralisam apenas as atividades aqui em Plenário", disse.

 

 

Paulline Carrilho
Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.