logo
18.07.2019 · Vereador Eduardo Romero
Ação ambiental nesta sexta-feira orienta sobre incêndios urbanos
balsamo

Na próxima sexta-feira, 19, será realizada uma ação ambiental no bairro Santo Eugênio. A concentração, às 7h, será na Avenida Santo Eugênio com a Rua Professor Hilário da Rocha. A ação foi proposta pelo mandato do vereador Eduardo Romero (Rede) e vai alertar sobre o período crítico de incêndios urbanos e florestais na cidade.

A Região do Bandeira foi escolhida para a ação ambiental por ser uma das áreas urbanas que mais tem focos de incêndios, inclusive por ter muitas chácaras e ainda existir a cultura da limpeza de terrenos com uso de fogo. De acordo com o levantamento dos órgãos de saúde e prevenção, a Região do Bandeira teve recorde de queimadas no ano passado e também maior número de atendimentos médicos decorrentes de problemas respiratórios. A região concentrou 20% do total de ocorrências.

Este ano a campanha anual Agosto Alaranjado, que visa ações de orientação contra incêndios urbanos, foi antecipada para o início do mês de junho por conta do grande número de ocorrências atendidas pelo Corpo de Bombeiros. A campanha é organizada pelo Comitê Municipal de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais e Urbanos, composto por 17 órgãos e entidades, entre eles a Câmara municipal, por meio do mandato do vereador Eduardo Romero.

Na ação desta sexta-feira alunos do Projeto Florestinha e integrantes de grupo de escoteiros vão fazer a distribuição de panfletos e conversar com moradores e comerciantes da região. Eles serão guiados por representantes da Planurb e vão alertar sobre o período de intensa seca e baixa umidade do ar que facilitam a incidência de focos.

Este ano apoiam a ação ambiental o Grupo de Escoteiro Lobo Guará, Polícia Militar Ambiental. Projeto Florestinha, Sisep, Planurb, Semadur, Sesau e Corpo de Bombeiros Militar do MS.

Agosto Alaranjado

A Lei 5.864/17, de autoria do vereador Romero, institui o Agosto Alaranjado, que tem por finalidade promover a discussão junto a comunidade, otimizar a gestão, o monitoramento, a prevenção e o combate ao uso de fogo na vegetação no município.

O Comitê já programou palestras em 40 escolas da Capital, capacitação dos gestores de Centros de Educação Ambiental, divulgação dos alertas sobre incêndio, inserção das informações para denúncias nas contas de água e luz, cursos de combate a incêndio nas Áreas de Proteção Ambiental (APAs), blitz ambiental para conversa e orientação aos moradores.

Penalidades

O Código de Polícia Administrativa do Município veda a utilização de fogo para fins de limpeza de terrenos. A multa varia entre 2.339,00 a 9.356,00. Em 2018, os fiscais ambientais de Campo Grande notificaram e autuaram 50 imóveis pela infração de utilização das queimadas para limpeza de terrenos.

 

Assessoria de Imprensa do Vereador

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.