logo
13.09.2017 · Vereador Delegado Wellington
Projeto do Vereador Delegado Wellington que cria o Núcleo de Pesquisa e Análise Criminal de Dados sobre Segurança Pública deve ser votado amanhã

Com o intuito de elaborar um diagnóstico identificando os problemas de segurança pública existentes em Campo Grande, por meio da coleta de dados sobre violência e criminalidade, e consequentemente formular propostas de solução que se traduzam em políticas públicas e então serem implantadas no município, o vereador Delegado Wellington (PSDB) apresentou o Projeto de Lei nº 8.498/17, que visa a criação do Núcleo de Pesquisa e Análise Criminal de Dados sobre Segurança Pública. O Projeto deverá ser votado em primeira discussão durante a sessão ordinária desta quinta-feira (14).

 Por meio das informações obtidas durante a pesquisa desse Núcleo, é possível realizar a avaliação dos resultados e então elaborar um diagnóstico para mapear medidas que produzam resultados positivos na área da segurança pública da Capital.

 Além disso, segundo o projeto, o trabalho de coleta e sistematização dos dados sobre a temática segurança pública, permitiria a divulgação sistemática de informações sobre a dinâmica da violência local, de tal forma que os cidadãos estejam informados sobre a natureza e a incidência dos delitos e que possam, também, tomar suas precauções e pensar em iniciativas públicas, integradas, levando em conta, também, as informações concernentes aos dados socioeconômicos, geográficos e urbanos.

 "Apenas agora, na atual gestão pública municipal, houve preocupação com a questão da segurança pública, como comprova o fato de haver sido criado a Secretaria Especial de Segurança e Defesa Social, estando essa em um nível mais elevado em relação as demais secretarias municipais, a qual foi conferida várias atribuições pertinentes, dentre as quais está previsto o intercâmbio permanente de informações e gerenciamento com os órgãos de segurança estaduais e federais, a fim de propor prioridades nas ações de policiamento investigativo, preventivo e ostensivo por eles realizadas. É necessário aliar as tecnologias, por meio das técnicas disponíveis, sobretudo de engenharia do conhecimento, para realizar a extração de conhecimento das informações depositadas nos bancos de dados das instituições de segurança pública. Este é uma boa forma de auxiliar no processamento dos dados e disponibilizar de forma mais útil as informações aos analistas criminais", explica o vereador Delegado Wellington e autor do projeto de lei.

Fernanda Yafusso
Assessoria de Imprensa do Vereador