logo
17.05.2018 · Vereador Dr. Livio
“O Brasil é um país onde tudo pode acontecer”, destaca cientista político em Seminário
prof_tito_foto_izaias_medeiros_copia

Manchete de jornal francês na década de 1990 foi destaque em Seminário

A frase, manchete do jornal Le Monde, em virtude do impeachment do presidente Collor, foi destaque na palestra Quem somos? Ética e reputação internacional, proferida pelo geógrafo, cientista político e professor aposentado da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Tito Carlos Machado de Oliveira, no II Seminário O cidadão que devemos ser e a política que queremos ter. Para ele, o Brasil ainda caminha para ser um país mais sério, mas a frase de 1992 ainda é muito atual.

Ao traçar o panorama histórico do Brasil, que na fase de sua independência teve o Produto Interno Bruto (PIB) maior que o dos Estados Unidos, o professor Tito passa por questões como conciliação de classes dominantes, crises estruturais entre as classes, o surgimento de redes de elites, das leis, da classe média, o fim da ditadura, a eleição de Collor bem como seu impeachment e a internacionalização da economia brasileira até os dias atuais.

Com uma abordagem pontuada em momentos de crescimento e crise seja financeira, política ou moral, o palestrante apontou um aspecto positivo sobre a realidade de hoje, já que “o desarranjo no pacto de elites pode nos dar novos caminhos e possibilitar um debate sobre o nosso futuro”. Durante o Seminário, proposto pelo vereador Dr. Lívio (PSDB) e realizado pela Câmara Municipal de Campo Grande, o cientista político também traçou um paralelo entre o surgimento da classe média no Brasil, na década de 1980, e a falta de ética. Segundo ele, era onde se percebia comumente a troca de favores, “um prato cheio para a corrupção”.

A análise mais aprofundada e embasada em estudos levantados pelo palestrante pode ser conferida, na íntegra, em https://youtu.be/X1Jaj66WEwA

Flavia Leimgruber

Assessoria de Imprensa do Vereador

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.