logo
09.10.2018 · Outras Notícias
No Outubro Rosa, vereadores alertam sobre autoexame e prevenção ao câncer de mama
img_7919_vereadores_homenageiam_enfermeira_cida_e_dharleng_campos_fto_izaias_medeiros

A Câmara Municipal de Campo Grande participa da campanha Outubro Rosa, mês de alerta e conscientização sobre a importância da prevenção ao câncer de mama. Durante a sessão ordinária desta terça-feira (9), vereadores falaram da necessidade de detectar precocemente o câncer, de fazer autoexame e também de procurar a rede pública de saúde para a mamografia.   

A vereadora Dharleng Campos, na Tribuna, alertou sobre os exames, lembrando que o câncer de mama é o segundo mais comum entre as mulheres, ficando atrás apenas do câncer de pele. Ela lembrou que a doença é rara antes dos 35 anos, mas a incidência aumenta depois dos 50 anos. 

"Neste mês, exaltamos a importância da mulher se cuidar e fazer exames necessários, sem preocupação com a dor do exame de mamografia. Tenho feito anualmente, é incômodo, mas com ele pode-se detectar um caroço ainda pequeno e aumenta muito a chance de cura". 

A vereadora informou que os exames de mamografia podem ser feitos gratuitamente na unidade do Hospital de Câncer de Barretos, situado na Avenida Thyrson de Almeida, no Bairro Aero Rancho, das 7h às 16h30, e no Hospital de Câncer Alfredo Abrão, na Rua Marechal Cândido Mariano Rondon, onde são feitos 70 exames diários durante o Outubro Rosa. 

Os vereadores Dr. Wilson Sami e Dr. Loester, que são ginecologistas e obstetras, também fizeram o alerta, estendendo essas mesmas recomendações aos demais meses. "É muito importante trazer esse tema e temos que bater nessa mesa tecla, insistir e falar no assunto. É um exame simples, mas a mamografia diagnostica câncer do tamanho da cabeça de um alfinete. Quem ama se cuida", disse o Vereador Dr. Sami. "O Outubro Rosa é importante para chamar a atenção. Como obstetras ficamos tristes quando detectamos o nódulo grande e vemos que passou a oportunidade de iniciar antes o tratamento. Por isso, façam o autoexame", disse Dr. Loester. 

O vereador Eduardo Romero também exaltou como a mulher precisa se amar, respeitar a própria saúde e procurar o médico diante de qualquer problema de saúde, pois as chances de cura sempre serão maiores. O vereador Delegado Wellington ressaltou "não só neste mês, temos que fazer mais leis para garantir direitos das mulheres e também que o sistema de saúde funcione", ao referir-se à falta de médicos em alguns postos de saúde. 

Ainda, durante a sessão desta terça-feira, o vereador Valdir Gomes falou que as mulheres precisam fazer o autoexame, mas ainda não têm esse hábito "por isso temos que fazer esse alerta". A vereadora Enfermeira Cida Amaral lembrou que essa doença é silenciosa, mas tem cura "convoco todas as mulheres para que se amem. Preciso me amar para amar o outro", disse. 

Dharleng Campos finalizou que quando "recebemos resultado câncer está iniciando luta que se for travada com união e fé em Deus será vencida", afirmou.  

As duas vereadoras, Dharleng Campos e Enfermeira Cida Amaral, receberam ao final da sessão uma rosa dos colegas para simbolizar a campanha e parabenizar pelo trabalho de alerta às mulheres. As redes sociais da Câmara também estão com a cor rosa e a mensagem de alerta "sua saúde é sempre mais importante - Autoexame: um ato de amor".

 

Milena Crestani 

Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal 

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.