logo
09.08.2018 · Vereadora Enfermeira Cida
Mulheres que atuam como taxistas são homenageadas pela vereadora enfermeira Cida Amaral
homenagem_taxista

Em Sessão Solene realizada na quarta-feira (08), a vereadora Enfermeira Cida Amaral (Pros), homenageou taxistas que executam um trabalho de grande importância e relevância para a sociedade de Campo Grande. A data da homenagem foi instituída na Casa de Leis por meio da Lei n. 5.079/12 e pela Resolução n. 1.147/12. O evento teve início com a apresentação musical de Gilson, da dupla Gilson e Júnior.

Em nome dos homenageados, o presidente do Sindicato dos Taxistas de Campo Grande, Bernardo Quartin Barrios, disse que é muito bom sempre ser lembrado, não só pela Casa de Leis, mas a Casa do Povo Campo-Grandense. De acordo com Barrios, ter a oportunidade de ver estes trabalhadores receberem esta homenagem, deixa claro que não é só a Câmara que reconhece o trabalho deles e sim toda a sociedade da Capital que está valorizando o trabalho do taxista.

Para a vereadora Enfermeira Cida Amaral, homenagear os taxistas é reconhecer o trabalho de grande relevância para Campo Grande. “Esses profissionais, levam segurança a todos nós. Com responsabilidade deixam as pessoas em seus destinos, e quando se fala “se beber não dirija” automaticamente a gente já se lembra de “pegar um táxi”. Esses profissionais movimentam a economia da nossa cidade e colaboram com o crescimento da nossa Capital, por isso merecem ser homenageados. Homenagear mulheres é outro motivo de maior alegria, pois não há limites para o trabalho feminino, merecemos e podemos estar em todos os setores, até porque as seguradoras afirmam que a mulher dirige muito bem, se envolvendo pouco em acidentes, justamente por serem atentas e cuidadosas”, finalizou a parlamentar.

Homenageadas:

Ellimane Lima Sanchez atua como taxista há 30 anos, e é uma das primeiras mulheres na direção de um táxi em Campo Grande. A profissão que aos poucos deixou de ser reduto masculino, recebeu a delicadeza e o carisma feminino. É a forma que Ellimane encontrou de “ganhar o pão”, além disso, a taxista garante que a profissão que atua é a melhor em que poderia estar e por isso se dedica com amor e afinco.

Rute de Fátima Lopes Maldonado era atendente de caixa no Aeroporto de Campo Grande, e por incentivo de amigos que já atuavam na área, resolveu se arriscar em outra profissão. Após quatro anos trabalhando como taxista, Ruth agora é proprietária de seu próprio alvará, e se diz realizada profissionalmente. Para Rute, conduzir o táxi nesta cidade significa participar da trajetória da vida de cada um.

Assessoria de Imprensa do Vereador

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.