logo
01.12.2017 · Vereador Pastor Jeremias
Emenda do vereador Jeremias Flores pode dar fim ao sofrimento de moradores
unnamed

Vereador pastor Jeremias Flores (Avante) quer qualidade de vida e segurança para os moradores da Capital

Nada mais desconfortável do que ter o direito de ir e vir desrespeitado, e esse caso se agrava mais ainda quando a população corre perigo ao tentar exercer esse direito. Diante desse cenário de caos, que especificamente acontece na região do bairro Lageado, o vereador pastor Jeremias Flores (Avante), apresentou emenda ao Plano Plurianual do Município de Campo Grande que prevê a construção de ponte de concreto.

Os moradores do local, que usam uma ‘pinguela’ de madeira sobre o córrego, ligando o bairro Parque do Lageado ao Bairro Manaíra, sofrem sempre para se locomoverem e temem ficar sem acesso permanente se algo de efetivo não for feito.

A emenda do vereador Jeremias Flores, que se sensibilizou com a situação enfrentada pelos moradores, tem o objetivo de dar qualidade de vida aos moradores da região, além de oferecer segurança na travessia do córrego.

O Projeto de Lei n.º 83/2017, que “Dispõe sobre o Plano Plurianual do Município de Campo Grande para o quadriênio de 2018 a 2021”, já foi aprovado, nessa semana, em segunda discussão pelos vereadores da Capital. Agora o projeto segue para a sanção do prefeito Marquinhos Trad.

Em resumo, conforme a diz a Constituição Federal (CF), o Plano Plurianual deve conter as diretrizes, objetivos e metas da administração pública para as despesas de capital e relativas aos programas de duração continuada. A CF define ainda que o PPA tenha uma abrangência de quatro anos iniciando no segundo ano de uma gestão (2018) e terminando no primeiro ano da próxima (2021).

 Leomar Alves Rosa

Assessoria de Imprensa do Vereador

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.