logo
13.09.2018 · Vereador Delegado Wellington
Delegado Wellington defende olhar mais humano para os comerciantes ambulantes e faz um alerta sobre as obras do Reviva Centro
whatsapp_image_2018_09_13_at_11_15_48

Na sessão ordinária desta quinta-feira (13), o vereador Delegado Wellington (PSDB) usou a Tribuna para falar sobre a regulamentação dos comerciantes ambulantes no centro de Campo Grande e as obras do Projeto Reviva Centro.

De acordo com o parlamentar, o comércio dos ambulantes precisa ser visto com um olhar humano. “O comércio dos ambulantes aumentou muito. Precisamos ter políticas públicas de ordem pública. A Orla Ferroviária está abandonada, precisamos elaborar um projeto para regulamentação daqueles ambulantes que ali estão. Pensar em ampliar um segundo camelódromo. Em uma sociedade em que vivemos uma crise de emprego, não podemos virar as costas para esses profissionais que estão trabalhando para pagar suas contas e levar comida para seus filhos”, disse.

“Essas pessoas pagam seus impostos, então precisamos estar focado na informalidade, mas temos que estar atento também à formalidade que exige um alto custo, é um alto custo manter um comércio, nossa economia tem que girar para gerar emprego, precisamos fazer que a economia funcione, com isso, teremos mais justiça social, teremos mais empregos. Precisamos ter esse olhar social para discutir esse assunto, que em última análise é assunto de segurança pública”, completou.

Na ocasião, o vereador Delegado Wellington falou também sobre o Projeto Reviva Centro.  “Conversei ontem com mais de 50 comerciantes, temos mais de 20 lojas fechadas na Rua 14 de julho, em razão das obras, as empresas não estão sobrevivendo, ainda há tempo para criar mecanismos para que aquelas empresas sobrevivam. Precisamos ter na Rua 14 de julho uma metodologia, foi elaborado um planejamento muito eficaz para a implantação do Projeto Reviva Centro, mas esqueceram o principal, os comerciantes, e eles estão quebrando, precisamos trazer solução, se não a Rua 14 de julho vai virar uma rua fantasma”, alertou.

Assessoria de Imprensa do Vereador

Acessibilidade com Libras

O conteúdo do Portal da Câmara Municipal de Campo Grande pode ser traduzido para a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) através da plataforma VLibras. Clique aqui (ou acesse diretamente no endereço - http://www.vlibras.gov.br/) e utilize a plataforma.